Gestão de Clínicas e Consultórios

5 dicas para escolher o software médico para sua clínica

Capa do blog SOFTWARE MÉDICO PARA SUA CLÍNICA

A agilidade e a eficiência de uma clínica ou consultório estão ligadas diretamente à gestão de cada função executada em uma empresa. Tarefas fundamentais são facilitadas pela utilização de um software médico de qualidade.

Desde a tarefa mais básica, como por exemplo os serviços gerais de limpeza,  até um procedimento mais complexo. Só para ilustrar: Agenda Médica, Prontuário Digital, gestão do faturamento, estoque de materiais e equipamentos. Em resumo: tudo de uma maneira organizada e otimizada, a fim de que não ocorra perda, desperdício ou falta de materiais.

Quer escolher o software médico para sua clínica e não sabe o que deve levar em consideração? Através do checklist abaixo, vamos te ajudar pontuando itens que devem ser essenciais para sua escolha. 

Veja as dicas para escolher o software médico para sua clínica:

É importante trabalhar com um software médico que seja intuitivo, fácil de mexer e que facilite o trabalho e a comunicação da sua equipe. Além disso, é preciso observar se o mesmo possui recursos específicos e essenciais para otimizar a rotina de seus colaboradores.

Assim, quando for decidir pelo software médico, você deve ficar atento a alguns diferenciais oferecidos no mercado. Dessa maneira, poderá avaliar quais são os que mais acrescentarão para seus colaboradores.

Dica 1: Ter uma agenda de consultas bem intuitiva e organizada

 1: Ter uma agenda de consultas bem intuitiva e organizada no seu software médico

Para simplificar o trabalho da secretária e a organização dos atendimentos dos médicos, tenha um sistema de agendamento com um visual harmônico e bem distribuído. Assim, será mais fácil identificar, manter ou reagendar as consultas.


Saiba mais sobre a importância da secretária no consultório e clínica médica.


Um diferencial importante para ter uma agenda de consultas bem organizada e funcional é a integração com outras partes do sistema, como por exemplo, o prontuário digital. Esse tipo de funcionalidade ajuda a não perder informações importantes durante a consulta e ter um histórico fidedigno dos procedimentos e consultas anteriores do paciente.

Veja algumas funções importantes para agenda que vão fazer a diferença no dia-a-dia da sua clínica:

  • Controlar os agendamentos de salas e equipamentos separadamente;
  • Controlar os atendimentos de pacientes por ordem de chegada, utilizando ou não o Protocolo de Manchester;
  • Buscar de forma ágil os pacientes agendados e horários vagos;
  • Envio de SMS para lembrete de consultas aos pacientes marcados na agenda.

Dica 2: ter uma boa gestão do faturamento

Dica 2 ter uma boa gestão do faturamento

Os faturamentos são os responsáveis pela saúde financeira de qualquer empresa, inclusive da sua clínica médica. A falta de controle de contas a receber, por exemplo, certamente irá gerar atrasos em pagamentos de serviços importantes para manter as atividades da sua clínica.

Para que não ocorra atrasos com as contas a pagar e contas a receber, é necessário um software médico capaz de apresentar uma visão completa das informações financeiras. Por exemplo: pacotes de insumos, relatórios, controle de glosas e geração de guias de Solicitação de SP/SADT. Ter o controle desses itens fará com que o índice de perda de dividendos seja reduzido drasticamente.

Veja algumas funções financeiras fundamentais que sua escolha deve ter:

  • exibir os erros encontrados no fechamento do faturamento detalhadamente na tela para que sejam corrigidos;
  • controlar e efetuar recursos das glosas geradas pelas operadoras de Saúde;
  • sempre atualizado com a versão mais atual da TISS;
  • gerenciar entradas e saídas de gastos.

Dica bônus: saiba como um software de gestão pode ajudar a melhorar o seu faturamento.

Dica 3: ter um sistema de Prontuário Digital

Dica 3 ter um sistema de Prontuário Digital

Centralizar todo o histórico de atendimento do paciente em um só lugar faz com que as informações sejam de fácil acesso e as consultas mais assertivas. Com isso, você terá um ganho de tempo maior durante todos os processos de um atendimento.

Quanto mais completo o Prontuário Digital for, mais fácil será a localização de dados importantes do paciente durante a consulta.

Veja alguns itens importantes para ter em seu Prontuário Digital:

  • anexar foto do paciente, que pode ser tirada diretamente da webcam, para facilitar a identificação;
  • guardar e gerenciar todas as anamneses e evoluções do paciente;
  • possibilitar anexar imagens/fotos para consultas posteriores;
  • gerenciar todas as receitas, laudos, atestados e textos diversos gerados para o paciente;
  • permitir criar modelos padrões para laudos e atestados, ganhando tempo durante as consultas.

Dica 4: que ofereça um suporte qualificado

Dica 4 que ofereça um suporte qualificado

Verificar todos os meios de contato com o suporte e garantir que, ao efetivar a assinatura, você não ficará sem um atendimento adequado para ocasiões de crise ou dúvidas. Este é um dos pontos mais importantes de sua pesquisa.

Coloque como prioridade que o software médico escolhido tenha no mínimo dois meios de comunicação com o suporte, buscando sempre os que possuem telefone e e-mail.

Um bom suporte deve te ajudar no esclarecimento de dúvidas e na execução passo a passo do software. Além disso, deve fornecer explicações sobre atualização de versões e compilações, configurações do sistema e usabilidade, se colocando sempre disponível para sugestões de melhorias.

Diferencial: ter acesso remoto autorizado ao dispositivo que esteja instalado o seu sistema, para que o próprio atendente possa fazer ajustes e/ou analisar problemas.

Dica 5: que ofereça um treinamento humanizado

Dica 5 que ofereça um treinamento humanizado

Um software médico deve ser compreendido perfeitamente por você e sua equipe. Para que isso aconteça com facilidade e sem perder tempo, é necessário que tenha um pacote de implantação humanizado. 

Cada função do sistema deve ser repassada por um gerente de treinamento capacitado em tirar as suas dúvidas e te apresentar o sistema de acordo com o cenário de sua clínica.

Ao final da implantação, o sistema deve estar adaptado à sua realidade, simplificando o dia-a-dia de sua clínica. Dessa maneira, sua equipe estará plenamente capacitada, pronta para utilizar todos os recursos da melhor forma possível.

Seguindo essas 5 dicas para escolher o software médico para sua clínica, a escolha será mais fácil, prática e assertiva.

Se você estiver interessado em saber mais sobre o ProDoctor, um software médico para clínicas e consultórios que possui todos os recursos acima, basta entrar em contato pelo WhatsApp disponível aqui. Iremos tirar todas as suas dúvidas e ainda passar informações personalizadas para a sua clínica.

Conhece outra pessoa que está pesquisando sobre como obter um software para clínicas eficaz? Compartilhe esse artigo!

Você pode se interessar por