Tudo o que você precisa saber sobre o Facebook - Blog ProDoctor
Marketing para Médicos Tecnologia na Medicina

Tudo o que você precisa saber sobre o Facebook

Aprender a usar o Facebook é fundamental para você se tornar conhecido. E, se acaso pretende desenvolver sua empresa, é preciso conhecer os caminhos que poderão ajudá-lo. Afinal, é a rede social mais utilizada no mundo, com mais de 2,9 bilhões de contas ativas. Uma trilha que você deve aproveitar. E bem!

Gratuito e fácil de participar, o Facebook permite que cada usuário crie o seu Perfil pessoal. Que pode atualizar sempre que quiser, com informações acerca de suas preferências, o que faz que considera relevante, fotos, vídeos, e comentários. Além de, é claro, interagir com os amigos em qualquer parte do planeta.

Mas, você conhece bem o que é o Facebook e como se faz para participar da plataforma? Quais os seus segredos? O que pode e o que não é  permitido?

Neste post, a ProDoctor Software traz para você não só detalhes sobre a história de como tudo começou, mas também dicas para aprender a usar o Facebook, abrangendo suas funcionalidades e a etiqueta necessária para não ter problemas.

Confira nos itens a seguir:

  • Origens do Facebook
  • Estrutura da rede social
  • Selecionar amigos faz parte de aprender a usar o Facebook
  • Aprender a usar o Facebook e ter uma Página
  • Atividades que você pode realizar no Facebook
  • Aprender a usar o Facebook em Grupos
  • Eventos
  • Messenger
  • Aprender a usar o Perfil no Facebook

Origens do Facebook

Antes de se tornar mundialmente conhecida, a ferramenta se chamava The Facebook. Foi criado por Mark Zuckerberg, que tinha em sua equipe o brasileiro Eduardo Saverin, Andrew McCollum, Dustin Moskowitz e Chris Hughes. Em 2004, eram colegas na Universidade Harvard, em Cambridge, Massachusetts (EUA).

No início, apenas os acadêmicos da própria instituição eram os usuários da rede. Seus objetivos, então, eram apenas de escolher os amigos mais atraentes através do The Facebook. Entretanto, a invenção teve grande repercussão e logo se expandiu para outras universidades.

Com a velocidade de um clique, ao se tornar cada vez mais conhecida, a rede tornou-se uma febre mundial. Ao permitir que qualquer pessoa se cadastrasse, como resultado, chegou ao estágio que está hoje. No Brasil, por exemplo, está em 4º lugar no ranking das plataformas mais acessadas. E a empresa da qual o Facebook é o carro-chefe (Meta) é proprietária de três redes que estão entre as 10 maiores: WhatsApp, Instagram e Messenger.

Basta ter mais de 13 anos para se cadastrar na rede social.

Estrutura da rede social

Para fazer parte do Facebook, cujo ingresso é gratuito, basta você ter 13 anos de idade e preencher os dados requeridos na página de cadastramento. Antes de tudo, acesse facebook.com e clique em Criar conta.

Insira seu nome como deseja ser conhecido, seu e-mail ou telefone celular (que será o seu log in) e prepare com antecedência uma senha forte, evitando aquelas que podem ser facilmente deduzidas por invasores. Coloque sua data de nascimento e o gênero.

Em seguida, escolha uma boa foto e uma foto de capa. Preencha dados como a cidade onde nasceu, a cidade onde mora e o seu local de trabalho, com as informações de contato que julgar procedentes. Então, clique em Cadastrar-se. Para concluir, confirme o seu e-mail ou número do celular.

Assim que você faz o log in na sua conta, terá duas possibilidade de visualização: Timeline (Linha do Tempo) e Perfil. No primeiro caso, é direcionado para a sua Timeline, na qual terá acesso, diariamente, a todas as atividades feitas pelos seus amigos. Além disso, poderá acompanhar as postagens das páginas que você vem curtindo ao longo do tempo.

Para acompanhar as postagens, basta utilizar a barra de rolagem e você logo perceberá quem tem maior ou menor presença no Facebook. Tanto seus amigos quanto as páginas que curte. O número de posts depende da periodicidade com que as informações, fotos e vídeos são colocados.

Dessa maneira, poderá se manifestar fazendo comentários, compartilhando com outros amigos ou simplesmente curtindo.

Com relação ao Perfil (veja detalhes no final deste post), basta clicar no seu nome que será direcionado para as atividades que dizem respeito somente a você. Nele surgirão todas as suas postagens, com fotos, textos e vídeos, assim como aquelas em que você foi marcado.

Selecionar amigos faz parte de aprender a usar o Facebook

Criar amigos no Facebook é muito fácil, mas é preciso muito cuidado antes de dar aquele Ok permitindo que alguém interaja com você e tenha acesso aos seus dados.

As solicitações de amizades podem ser analisadas antes de você adicionar a pessoa. Se você conhece, não há problema, o que torna a escolha e a decisão mais fácil e rápida. Porém, e se for um desconhecido? Se desconfiar que pode ser um perfil falso? Nesse caso, o melhor e mais aconselhável é procurar saber se a pessoa é amiga de alguém que é seu amigo.

Com toda a certeza, isso irá poupá-lo de se arrepender depois e ter dores de cabeça, embora possa desfazer a amizade a qualquer tempo. Inclusive de pessoas que o incomodem e o aborreçam com comentários sobre suas postagens.

Além disso, você também pode pode ser adicionado por Amigos, bastando fazer a solicitação daquelas pessoas com as quais tenha interesse ou curiosidade em se relacionar por meio da rede social.

Então, passará a receber as atualizações das postagens feitas pelas pessoas que o incluíram no rol de Amigos. Além disso, poderá manter contato direto com seus amigos, não só através de comentários diretos, bem como pelas mensagens trocadas pelo Chat, conforme veremos mais à frente.

Aprender a usar o Facebook e ter uma Página

Qualquer empresa, pessoa pública, marca ou quem mais desejar pode criar as chamadas Páginas no Facebook. Elas funcionam basicamente como um Perfil comum de uma pessoa qualquer.

Contudo, disponibilizam algumas funcionalidades a mais, como por exemplo a possibilidade de transformar as publicações em anúncios, a fim de aumentar a visibilidade do mesmo pelos seguidores. Nela, é possível ter um resumo e as estatísticas das atividades realizadas pelos usuários que acessaram a página. Ter uma Página permite analisar quanto tempo uma pessoa permaneceu visitando e os assuntos que mais chamaram sua atenção durante o acesso.

Dessa maneira, uma Página possui “seguidores”. Em outras palavras: é como se, em vez de adicionar o “amigo” à sua lista, você curte a Página, passando então a receber todas as informações da mesma em sua Timeline).

Só para ilustrar: grandes revistas e jornais utilizam suas páginas do Facebook para atualizar e fidelizar cada vez mais seus “seguidores” com as notícias mais recentes, como a Revista Época, Veja, O Globo, Folha de São Paulo, Estadão.

Aprenda Como gerenciar sua Página no Facebook

Publicações, curtidas, comentários… o Facebook possibilita várias interações.

Atividades que você pode realizar no Facebook

Existem inúmeras atividades que podem ser desenvolvidas no Facebook. Desde as simples curtidas nas postagens em seu Feed de Notícias e nas publicações do seu Perfil, até a divulgação de textos referentes à sua especialidade médica. A seguir, confira as mais utilizadas:

  • Publicações (ou posts)

Correspondem a todas as informações que você disponibiliza para que seus amigos, seguidores e usuários em geral visualizem, podendo interagir através dos comentários.

Podem ser textos, fotos e vídeos, juntos ou em separado. Também podem ser acrescentados links redirecionando para algum texto ou página que queira sugerir para conhecimento e  leitura.

Esteja atento para não exagerar na quantidade diária de posts. Da mesma forma, lembre-se que os usuários preferem textos curtos, havendo muitas reclamações com relação aos ditos “textões”.

Não há uma regra sobre o número de postagens e, nesse sentido, sempre deve prevalecer o bom senso. Além disso, as postagens devem ter qualidade, seguindo, aí sim, as regras de etiqueta e boa convivência com todos os usuários da rede.

Exemplos típicos de comentários que ferem as regras de conduta social são aqueles que possam incentivar a violência e a intolerância, a falta de respeito para com o ser humano e suas diferenças.

É importante ressaltar que, em cada publicação, é possível configurar os usuários que terão acesso a ela, Então, você deve escolher entre “todo mundo”, “somente seus amigos” ou “somente quem você permitir”.

  •  Curtidas

Elas são o termômetro que deixará você ciente sobre como os usuários estão reagindo às suas postagens. E um dos símbolos mais conhecidos do Facebook, sendo identificado pela mãozinha com o sinal de “joinha” e constatando que determinado post agradou. Se você gostou de uma foto, ou concordou com um comentário, basta clicar em Curtir.

Cada curtida de usuário é contabilizada abaixo de cada publicação na Timeline. Portanto, quanto mais curtidas um post alcançar, esse será o indicativo do quanto agradou aos usuários.

  •  Comentários

Em cada post, ao lado do botão Curtir está o espaço reservado para que você possa escrever se concorda ou discorda, por exemplo, de determinada opinião emitida através de texto, foto e/ou vídeo. Para isso, basta clicar no botão Comentar e, em seguida, enviar o que escreveu.

A partir daí, os comentários podem se suceder, gerando uma corrente de interações entre várias pessoas que estiverem interessadas no tema relacionado ao post. Estando online ou não.

Também é importante  destacar, aqui, que o clima amistoso e de bom senso deve reger as opiniões controversas. E lembre-se que os comentários são sempre públicos e ficarão visíveis para todos da rede!

  •  Compartilhamentos

Se acaso você gostou de alguma postagem e que considera uma boa ideia repassar adiante na rede, deve utilizar a opção Compartilhar na sua Página/Perfil. Dessa maneira, seus amigos e seguidores poderão visualizá-la e interagir com você a partir da sua própria Página/Perfil.

  • Check-ins

Fazer um check-in no Facebook é nada mais do que mostrar a seus amigos o local onde você se encontra em determinado momento. Só para ilustrar: se acaso estiver em um determinado evento e quer compartilhar isso com os amigos da rede, deve abrir o Facebook e ir para o Status.

Em seguida selecione para adicionar a localização e procure pelo estabelecimento onde está e faz a publicação. A partir do seu clique, todos saberão que, naquele exato momento, você está no evento que mencionou. Além disso, também poderá revelar quem está junto com você.

Aprender a usar o Facebook em Grupos

Você pode participar de Grupos já existentes no Facebook ou criar algum de seu interesse e que tenha pessoas relacionadas ao objetivo. Dessa maneira, pode reunir pessoas com as quais tem afinidades, tanto em termos profissionais, quanto de amigos ou familiares.

Os Grupos são espaços privados, gerenciados por algum membro do mesmo, que é denominado Administrador. A admissão e acesso ao seu conteúdo se dá através daquele que gerencia a aceitação ou não das pessoas.

Os Grupos podem ser Públicos, com qualquer usuário encontrando e entrando,  visualizando seu conteúdo. Também podem ser Privados, com qualquer usuário encontrando e entrando, mas sem ter acesso ao conteúdo. Para isso, precisa ser membro. Por fim, no Grupo Secreto, somente poderão encontrá-lo se o usuário receber um convite de algum membro.

Eventos

O Facebook permite que você possa criar qualquer Evento a se realizar em uma Página. Para isso, deverá informar a data, hora e o local em que acontecerá. Obviamente, você deve fazer um convite aos usuários para que participem.

Desse modo, os convidados deverão confirmar ou não a presença. Da mesma forma que acontece nos Grupos, a partir do momento que são convidados, os usuários receberão todas as informações que são publicadas no Evento.

Assim que uma pessoa confirma presença, no dia e hora configurados para sua realização, o Facebook emite um alerta para lembrar a todos os participantes do compromisso.

Messenger

Posicionado no final da lateral direita da tela do Facebook, o Messenger é um canal de comunicação para que o usuário possa conversar reservadamente com uma ou mais pessoas que desejar. Para acessar o Chat basta clicar sobre o Amigo da lista desejado, escrever a mensagem e enviar.

Se acaso a pessoa estiver online no momento do acesso, a comunicação é feita de maneira instantânea. Se não, a mensagem permanecerá disponível na caixa de entrada do usuário. Assim, quando ele se encontrar online, poderá visualizá-la e responder.

Aprender a usar o Perfil no Facebook

Usar o Perfil no Facebook é fácil e a experiência diária desperta curiosidade e motivações. Desse modo, com o tempo, você vai se aperfeiçoando e melhorando não apenas os textos, como também as fotos.

Antes de mais nada, faça uma Apresentação sucinta, com seu nome completo, profissão, data de nascimento, local onde nasceu e onde reside. É possível editar sua Biografia, a qualquer tempo, assim como os Hobbies. Além disso, pode adicionar detalhes que considerar pertinentes.

O Perfil permite que você tenha todas as fotos que postou no Feed de Notícias ou no seu Perfil. Elas ficam subdivididas em dois grupos: Suas Fotos e Fotos com Você.

No Perfil você também pode criar Álbuns de fotos, conforme os temas que nomear. E pode utilizá-los não apenas para registrar seus momentos com familiares e amigos, como também para arquivar os congressos que participa.

Todos os Seus Amigos do Facebook aparecem no Perfil e você pode acessar a página de cada um deles, bastando clicar no nome que desejar. No Perfil também ficam os vídeos que você postou, além de ser possível visualizar todos o Grupos que participa.

Ao indicar seus Esportes e Hobbies de preferência, coloque links, como por exemplo, para times de futebol, filmes, livros e o que julgar procedente e atrativo.

Confira nosso guia prático de Facebook para médicos.

Você pode se interessar por