Entretenimento Série Sob Pressão - 2ª temporada

8º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão

Série “Sob Pressão” - 8º Episódio da 2ª temporada

No capítulo anterior, Dr. Evandro luta para salvar a vida de uma paciente, porém os pais recusam os procedimentos oferecidos por motivos religiosos. Renata surge com propostas a Henrique e corrupção integra o hospital Luís Carlos Macedo. No 8º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão, um prédio desaba nas redondezas e os feridos lotam os corredores da emergência. Após o longo plantão, Carolina decide jogar fora os medicamentos de Evandro.

Saiba as surpresas da nova temporada, clicando aqui. Se preferir, veja (ou reveja) o que aconteceu na primeira temporada da série “sob pressão”.

Capítulos anteriores

  Veja também: Guia oficial do fim de semana do médico

Veja o que aconteceu no 8º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão

Veja o que aconteceu no 8º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão

A série médica da rede globo “Sob Pressão” continua e a emissora exibiu ontem, terça, 27/11 o 8 º episódio. Após mais um plantão, a trama se abre com Evandro retornando para a casa. O médico que continua se automedicando, se prepara para descansar quando recebe uma ligação de Dr. Décio. O profissional adia os planos de sossego, para atender as vítimas de um desabamento que ocorreu nas redondezas do hospital. Carolina que estava dormindo, acorda e acompanha o marido para a emergência. Novos equipamentos chegam ao pronto-socorro e antigos fornecedores perdem com os novos esquemas de Renata.

Feridos chegam ao hospital

As vítimas do acidente chegam ao hospital Luís Carlos Macedo. Junto com eles, Drª Carolina e Dr. Evandro também dão entrada ao pronto-socorro. Emendando dois plantões, a médica percebe o cansaço do companheiro e recomenda-o a não seguir no trabalho. Contrário a decisão da esposa, Evandro segue no hospital e decide ajudar aos pacientes.

Marinês, 14 anos, é uma das vítimas do desmoronamento. A doutora examina a jovem que sofre com fortes dores na barriga. Além da menina, Gelson é outro paciente que espera por atendimento. Com o número de vítimas ainda não registrado, o corpo de bombeiros vai até o pronto-socorro para realizar apurações do caso. Atendido por Dr. Evandro, Gelson é questionado se estava sozinho em casa, do seu lado, sua mulher afirma que sim e que deixou o companheiro dormindo assim que saiu para o trabalho.

Desconfiança em torno dos novos equipamentos

O ex- diretor do hospital, Samuel, questiona Renata pela compra dos novos materiais e por cancelar o acordo com os antigos distribuidores. Dr. Evandro chega a diretoria e pede autorização da gestora para utilizar os novos equipamentos no CTI. Sem revisão, a líder recusa e diz que antes é preciso vistorias técnicas para a segurança dos pacientes e do lugar. Em estado de emergência, o médico confronta a chefe e assume as responsabilidades para usar as ferramentas. Os doutores Evandro e Samuel vistoriam os novos equipamentos para a reabertura do CTI.

Gravidez na adolescência

Com o hospital movimentado, o marido de Leila ( mais uma vítima do desabamento) chega ao lugar e procura pela companheira. Na recepção, o homem é noticiado que a esposa ainda não deu entrada a emergência e que segue sendo procurada pelos bombeiros.

Marinês descobre que as dores na barriga é um bebê. Fruto do relacionamento com o namorado, a jovem sem conhecimento de prevenção se depara com uma uma gravidez precipitada. Drª Carolina que acompanha o caso diz a garota que precisa contar a mãe. A situação desespera e assusta a paciente.

A médica conversa com o colega de profissão, Henrique, sobre a gravidez da menina e como contar a familiar. Sem sensibilidade, o médico deixa a profissional irritada pela falta de empatia e humanização com os pacientes.

Histórias por trás do desabamento

Drª Carolina conta a mãe de Marinês sobre a gravidez. Surpresa, a figura materna da menina se assusta com as novas responsabilidades que a filha terá que adquirir tão nova. A mulher relata que o mesmo que está ocorrendo com a filha, aconteceu com ela aos 15 anos. A médica conta que os problemas com a menina serão resolvidos e que o apoio da mãe será essencial.

Gelson procura por Leila. Em conversa com Evandro o homem conta que não estava sozinho na hora do desabamento e que Leila estava acompanhando-o. A mulher que era sua vizinha frequentava a casa assim que o marido e esposa do homem saíam para o trabalho. Os dois eram amantes.

Com um novo ultrassom, a médica mostra os batimentos do bebê a Marinês e a mãe. A nova vovó se emociona.Com novos rumos, a vida da jovem vai mudar.

Samuel descobre corrupção

Samuel se encontra com o antigo fornecedor e descobre os esquemas corruptos de Renata. Indignado pelas atitudes ilegais da atual gestora, o ex-líder acusa o homem de bandido e de estar apoiando o esquema criminoso.

De volta ao hospital, os feridos continuam a chegar e Dr. Charles atende a uma senhora que procura pelo filho. Na obtenção de informações da paciente, o médico descobre que a idosa não possui nenhum familiar e mora sozinha.

Acontecimentos movimentam o plantão

Leila é encontrada! Em estado grave a mulher chega ao Luís Carlos Macedo. Levada por Dr. Henrique e Dr. Evandro, ela segue entre a vida e a morte pelos corredores do hospital rumo a sala cirúrgica. Ao passar pelo quarto que está, Gelson acompanha a parada cardíaca da amante (Leila). Preocupado, questiona aos médicos: “ela vai ficar bem?”.

Dona Terezinha, a paciente idosa, ainda procura pelo filho. Dr. Charles avisa a enfermeira Jaqueline que ninguém da família ainda apareceu e que o filho possa nem existir.

Aos gritos, Marinês volta a sentir as dores na barriga. Drª Carolina diz que sem o acompanhamento do pré-natal é difícil dizer quantas semanas a menina está de gestação. Por conta das contrações, o bebê pode nascer prematuro.

Ações levam a reações

A mulher de Gelson,vai visitar Leila e encontra a cortina que a vizinha chegou enrolada ao hospital. Inconformada, ela descobre que o utensílio é de sua casa, compra realizada por ela e o marido assim que casaram. Com as emoções à flor da pele, a mulher traída segue em direção ao homem que está dormindo na observação. Indignada pela ação do companheiro, pega um vidro de álcool na enfermaria e coloca o líquido com a cortina sobre o homem. Em questão de segundos, a mulher acende um fósforo e atea fogo.

A ação movimenta o hospital e Dr. Evandro chega para salvar Gelson. A situação se normaliza.

Com o homem, Dr. Evandro chega a mesma sala de Drª Carolina e se descontrola. O estado do profissional é observado pela esposa por conta das drogas que vêm ingerindo e diz que o marido não pode mais continuar assim.

O médico afirma que a automedicação vem sendo usada por conta de toda a carga do hospital, pelos pacientes que passam pelo Macedão e não conseguem bons resultados por conta dos fracassos da saúde pública do país. Questionado pela companheira, o médico diz que tudo se resolverá e que precisa salvar a vida das vítimas. O casal entra em conflito. Carolina logo segue para a sala dois onde irá resolver as questões de Marinês.

Após a traição, Leila é perdoada

Após cuidar de Gelson, Dr. Evandro segue ao encontro da esposa do homem. Revoltada, diz que a traição a fez fazer loucuras e que não merecia viver por toda a situação. Saindo do hospital, ela encontra com o marido de Leila que pergunta o que aconteceu. A frase soa alto “pergunta pra tua mulher”.

O homem vai visitar Leila e fica alegre em ver a esposa viva e bem. Arrependida, a paciente chora e pede desculpas afirmando: “você é o homem da minha vida, eu te amo”.

Com o desabamento ainda sendo investigado, o marido de Leila que é pedreiro, é acionado para depor. O homem estava realizando uma obra em sua casa e isso pode ter gerado todo o ocorrido.

Com o fim da tempestade: o final feliz

Enfim, Dona terezinha encontra seu filho. Quem ela tanto procurava era seu cachorrinho que morava com ela no prédio. O animal entra correndo pelo pronto-socorro e encontra com a dona no quarto. A cena é um dos momentos mais comoventes do episódio.

Nasceu! O bebê de Marinês chega bem e toda a recuperação da mãe é positiva. Todos se emocionam com a chegada do novo membro à família.

Prestação de contas

Samuel mostra todas as provas que comprovam o envolvimento de Renata nos esquemas criminosos. A gestora afirma que além dela, o ex-líder já se beneficiou de situações do passado em cima de materiais do pronto-socorro. Deixando os assuntos para trás, o médico aconselha a executiva a largar os atos corruptos para que ela não se afunde em investigações futuras.

Vidas além do plantão, Evandro está agoniado em casa por conta dos medicamentos. Carolina decide se livrar das drogas e dar apoio ao marido que sofre com alucinações. A trama se encerra aos 42 minutos, com o sofrimento psicológico do profissional.

Em torno do episódio, a série relata sobre a gravidez na adolescência. Informe-se para prevenir. Em casos como o da trama, procure um serviço de planejamento familiar no posto de saúde mais próximo. Saiba mais clicando aqui.

Gostou do 8º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão? Episódios disponíveis no Globo play.

Você pode se interessar por