Entretenimento Série Sob Pressão - 2ª temporada

1º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão

Série “Sob Pressão” - 1º Episódio 2ª Temporada

Como já contamos aqui no blog, a série médica da Rede Globo “Sob Pressão” estreou no dia nove de outubro, logo após a novela “Segundo Sol”. A história relata o cotidiano de médicos da Unidade de Saúde do Hospital Luís Carlos Macedo, no Rio de Janeiro. Em meio a chegada dos pacientes ao pronto-socorro, os profissionais lidam com a falta de infraestrutura e perrengues da saúde pública no país.

Saiba as surpresas da nova temporada, clicando aqui. Se preferir, veja (ou reveja) o que aconteceu na primeira temporada de “Sob Pressão”.

Veja o que aconteceu no 1º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão

Veja o que aconteceu no 1º Episódio da 2ª temporada da série Sob Pressão

Com 44 minutos, a série retorna trazendo emoções logo em seu primeiro episódio, exibido na Rede Globo dia 09/10. O início da trama é marcado por um tiroteio na Favela do Pedregulho, RJ, aumentando mais ainda a pressão do plantão.  Um dos bandidos no confronto acaba ferido e com isso Dr. Evandro (Júlio Andrade) é encontrado dentro do hospital por um dos companheiros da vítima. Na busca de salvação do amigo, o médico é sequestrado e determinado a seguir rumo ao morro para garantir a vida do bandido.

O nascimento

Sem maternidade e equipamentos certos para receber um nascimento, a equipe médica se depara com a situação de Jeize prestes, a dar a luz.  Mesmo sem instrumentos especializados a equipe providencia o procedimento de parto da mulher. No final, tudo ocorre bem e a vida do bebê é motivo de alegria e satisfação entre os médicos.

Envolvida em questões psicossociais, a paciente ignora o momento de nascimento do filho e é resistente na acolhida do pequeno – depressão pós-parto. A depressão pós-parto, ocorre logo após ao procedimento do parto e os sintomas incluem tristeza e desesperança. Muitas novas mães experimentam alterações de humor. Em um turbilhão de novas sensações, Jeize se emociona ao receber o filho nos braços.

Atendimento fora do hospital

Dr. Evandro afirma aos bandidos que necessita de ajuda e que para salvar a vida do homem precisará ligar para o hospital. Ao concordarem com a ideia, Drª Carolina (Marjorie Estiano) recebe um telefonema do namorado. Abastecida de materiais e medicamentos, ela corre para a favela na busca de salvar a vítima e ajudar o médico.

Em visita ao hospital, uma personalidade política doa uma ambulância a unidade de saúde. Ao sair, Carolina encontra o veículo estacionado e não vê outra alternativa a não ser pegar o automóvel e ir ao encontro do Dr. Evandro.

Em Pedregulho, o bandido ferido é levado para dentro da ambulância assim que a médica chega a favela. Em busca de reações positivas, entretanto sem condições adequadas, o casal de médicos decide que o melhor a se fazer é correr para o pronto-socorro.

Identidades virtuais

Enquanto isso no hospital, um paciente com problemas de visão dá entrada ao Luís Carlos Macedo. Em relato, o homem afirma que enquanto viajava à Amazônia foi picado por um isento e que depois disso sua visão foi afetada. Examinado pelos médicos, ele descobre que sua suspeita estava errada. O motivo para os problemas de visão era um tumor no cérebro. Para a resolução do problema, a única saída seria a cirurgia. Preocupações tomam conta da companheira do paciente.

A companheira se apresentava ao homem através de imagens de mulheres atraentes e bem mais novas, com outra identidade, “Jade” – nome fictício.  Em conversa com o Doutor, ela relata que todo o contato com o parceiro foi feito virtualmente desde que se conheceram em um aplicativo. O homem já possuía problemas em seu campo visual desde que ficaram juntos, fazendo com que nunca tenha visto a mulher.

Após a decisão do paciente, a trama volta com o procedimento já realizado. Ansioso em vê-la, o homem pergunta por “Jade”. Sua maior esperança é ver a namorada pela primeira vez.  Ao tirar os curativos, a verdade vem a tona e a mulher relata ao companheiro que se apresentou com outra identidade nas redes sociais. Mesmo com a surpresa, o paciente se encanta pela parceira e se declara apaixonado:  “você é muito mais bonita que a mulher da foto“. A emoção é grande dentro do consultório e em agradecimento a cirurgia bem sucedida o homem entrega ao médico seu cordão da sorte, em forma de retribuição pelo trabalho.

Decisão

Fugindo do hospital, Jeize decide não levar seu bebê, como já havia decidido após o nascimento. Em uma sala, pede ao médico Dr. Décio (Bruno Garcia) e a enfermeira Jaqueline ( Heloisa Jorge) que realizaram seu parto através de um bilhete para ficarem com ele. “Cuida dele pra mim”.

Sem saber o que fazer com a criança, Décio decide levá-la ao abrigo para adoção, opção correta em situações como essas. Porém, envolvido com a situação e com o bebê, o profissional da saúde acaba não conseguindo e leva o recém-nascido para sua casa.

Vidas em risco

De volta ao ápice da série, a polícia, acionada pelo deputado após o roubo, cerca a ambulância “roubada” por Carolina. Sem mais nada a fazer, o bandido baleado não resiste e morre. A indignação pela morte do companheiro, que na verdade é seu namorado aumenta as emoções e os nervos do homem.

Ameaçados, Carolina implora para não matarem Dr. Evandro: “eu preciso dele”. A adrenalina da cena aumenta e com isso a polícia adentra a ambulância, atirando no bandido. Após aos fortes acontecimentos vividos pelos médicos, de volta ao hospital, um impasse entre Evandro e o Deputado marca uma situação conflituosa sobre o “roubo” da ambulância.

Final Feliz

No final do episódio, o casal Evandro e Carolina vão para casa e passam a noite juntos. Em um pedido inusitado a Doutora se declara ao namorado: “quer casar comigo?”. Surpreso o médico afirma em tom positivo e engraçado que ela não vai sossegar até a união dos dois.

Ao terminar a série, o alerta é para a depressão pós-parto, disfunção abordada no episódio. A doença pode atingir qualquer mulher. Em situações como essas, procure um profissional de saúde.

Episódios disponíveis no Globo Play.

Você pode se interessar por