Medicina e Saúde

O que é laudo médico? Como elaborar?

o que é laudo médico

O laudo médico é um dos mais importantes documentos da Medicina. Não só para o paciente, bem como para o profissional. Mas, afinal, qual sua utilidade, a que se deve tamanha importância e como deve ser elaborado?

Pensando nisto, elaboramos este post para que você possa fazer um laudo médico claro e conciso, capaz de colaborar para o diagnóstico dos exames. Abaixo você encontrará os seguintes tópicos:

  • O laudo médico
  • Perícia judicial
  • Saúde ocupacional, doenças e acidentes
  • CID
  • Como elaborar um laudo médico correto
  • Pessoas Com Deficiência – PCDs
  • Telemedicina

Leia também:
O que é CID 10?
Doutor, você sabe o que é medicina integrativa?


O laudo médico

o que é laudo médico

O laudo médico é utilizado para formalizar e compartilhar os resultados dos exames. Sem dúvida, sua emissão é uma das principais atividades realizadas em consultórios, clínicas e hospitais. Trata-se de um importante documento oficial, com a assinatura do especialista, que deverá avaliar os exames com a devida acuidade.

Dessa maneira, o laudo médico é fundamental não apenas para o paciente, que realizou determinado exame, como também para o profissional que investiga as queixas de que sofre com alguma moléstia.

Por isso, o laudo médico precisa ser bem elaborado, a fim de que não haja necessidade de se repetir exames. Além disso, um documento bem fundamentado e escrito será de grande valia para facilitar o diagnóstico.

Perícia judicial

o que é laudo médico

Em termos florenses, o laudo médico também é de grande importância. Como, por exemplo, se acaso um juiz de Direito determinar a necessidade de um laudo médico pericial judicial.

Então, usará seu poder para designar que o médico de determinada especialidade realize a consulta necessária com o paciente. Assim, poderá resolver a questão que motivou o paciente a recorrer à Justiça.

Saúde ocupacional, doenças e acidentes

Diferenças entre clínica e consultório

As situações mais comuns envolvem a saúde ocupacional. Nesse sentido, o médico avaliará, só para ilustrar, se o indivíduo que teve um derrame cerebral, está apto ou não para trabalhar.

Por outro lado, o médico especialista poderá ser designado para comprovar uma doença, como por exemplo o câncer, ou sérios ferimentos decorrentes de um acidente automobilístico ou de um crime.

Neste laudo, o médico avaliará a causa e efeito de cada caso. Por exemplo:

  • Doença ou lesão e a morte (definição da causa mortis);
  • Doença ou sequela de acidente e a incapacidade ou invalidez física e/ou mental;
  • O acidente e a lesão;
  • Doença ou acidente e o exercício da atividade laboral;
  • Doença ou acidente e sequela temporária ou permanente;
  • Desempenho de atividade e riscos para si e para terceiros.

CID

o que é laudo médico cid

CID é a sigla para Classificação Estatística Internacional de Doenças, uma ferramenta padrão utilizada para o diagnóstico de epidemiologias e gerenciar a saúde com fins clínicos, incluindo a análise da situação mundial da população. Além disso, possibilita monitorar rigorosamente a incidência e a predominância de doenças, entre outros problemas da saúde.

O instrumento foi concebido em maio de 1990, pela Quadragésima Terceira Assembléia de Saúde Mundial, sendo adotado pelos membros da Organização Mundial da Saúde (OMS) a partir de 1994.

Confira o aplicativo gratuito do CID-10 para Android e iOS (iPad e iPhone). Ele traz toda a Classificação Internacional de Doenças onde e quando você precisar. 

Como elaborar um laudo médico correto

O ponto de partida para você elaborar um laudo médico correto é o Prontuário Digital. Este é o documento em que o médico guiará seu raciocínio, uma vez que nele está documentado todo o histórico do paciente. Abaixo, confira as principais recomendações do Conselho Federal de Medicina (CFM):

  • Ficha clínica com as seções: identificação, anamnese (queixas, antecedentes, história mórbida pregressa e história da doença atual), exame físico, hipótese(s) diagnóstica(s) e plano terapêutico;
  • Exames complementares: laboratoriais, exames anatomopatológicos, exames radiológicos, ultra-sonográficos, etc.;
  • Documento de evolução clínica;
  • Página com o pedido de parecer, que também pode ser feito na folha de prescrição e respondido na de evolução clínica;
  • Folha de prescrição médica, que no Prontuário Digital em uso está logo após o quadro TPR (Temperatura, Pulso, Respiração), podendo conter relatório de enfermagem ou este ser feito em folha separada;
  • Quadro TPR (Temperatura – Pulso – Respiração): é a primeira folha do Prontuário Digital quando em uso;
  • Resumo de alta/óbito.

É importante destacar que o CFM exige que o laudo médico deve ser assinado apenas por profissionais habilitados, conforme o exame em questão.

Pessoas Com Deficiência – PCDs

o que é laudo médico

Neste laudo médico deverão constar, por exemplo, o motivo da solicitação do exame, o nome completo do paciente, o nome da clínica e, também, do médico solicitante do exame. Além disso, é preciso relacionar a idade e o peso do paciente; descrever a técnica utilizada para o exame, bem como fazer a descrição detalhada do exame.

Por fim, o laudo médico indicará a hipótese elaborada pelo profissional, com sua impressão diagnóstica.

Telemedicina

o que é laudo médico telemedicina

A evolução tecnológica tem proporcionado ganhos exponenciais para a Saúde. A Telemedicina, por exemplo, vem se popularizando cada vez mais. Dessa forma, os benefícios para o dia a dia dos estabelecimentos médicos são inúmeros, contribuindo para uma troca de informações com rapidez e total segurança.

A Telemedicina permite, por exemplo, que o serviço de emissão do laudo médico seja realizado de forma terceirizada. Ou seja, o laudo médico é elaborado à distância, valendo-se dos recursos da informatização.

Com toda a certeza, a otimização da emissão do laudo médico beneficiará o paciente que, dessa maneira, poderá iniciar o tratamento rapidamente.

E-book: termos técnicos do consultório médico

Conheça todos os termos técnicos utilizados no consultório médico e fique por dentro do assunto!

Resumo

Conforme destacamos anteriormente, o laudo médico é um documento de suma importância não apenas para os estabelecimentos de Saúde como também para os pacientes. Portanto, reveja com atenção os pontos acima e lembre-se sempre de elaborar o seu laudo médico com a máxima clareza e acuidade.

Você pode se interessar por