Aplicativos para médicos e pacientes Medicina e Saúde

O que é CID 10?

CID-10 e suas aplicações na Saúde

O CID-10, oficialmente Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde, é um termo muito frequente dentro da área da Saúde. Mas, afinal, você sabe de fato o que é CID 10 e como é aplicada sua utilização?

Em resumo, a sigla abrange a classificação e a codificação das doenças. É de uma grande variedade de sinais, sintomas, aspectos anormais, queixas, circunstâncias sociais e também causas externas para ferimentos ou doenças. Vale lembrar ainda que a sigla é utilizada mundialmente como o padrão médico para catalogar os diagnósticos médicos.

Para cada enfermidade é atribuída uma categoria única e que remete a um código com até 6 caracteres. Sendo assim, tais categorias podem incluir um conjunto de doenças semelhantes.


Leia também:
Como gerenciar a agenda médica?
5 vantagens de um programa para Consultório Médico


Histórico

histórico

A CID foi publicada e desenvolvida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e é consultada para estatísticas de morbilidade, mortalidade, sistemas de reembolso e de decisões automáticas de apoio em Medicina. De acordo com a OMS, o sistema foi desenhado para permitir e promover a comparação internacional da coleção, processamento, classificação e apresentação do tipo de estatísticas supracitado.

Estruturada por mais de um século, surge como forma de responder à necessidade de conhecer as causas de morte. De acordo com o artigo científico “O papel das classificações da OMS -- CID E CIF nas definições de deficiência e incapacidade,” de Heloisa Brunow e Cassia Buchalla, é possível evidenciar o interesse crescente do uso do termo para codificar situações de pacientes hospitalizados, depois de consultas de ambulatório e na atenção primária.

O que é CID-10 e quais suas aplicabilidades?

Com revisões diversas, a mais recente é a “Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde” -- CID-10. Desenvolvida em 1992, de fato a utilização da CID possibilita uma padronização na nomenclatura das disfunções, aderindo a um melhor contato entre os especialistas de saúde, evitando subjetividades que poderiam ser prejudiciais aos pacientes.

Uma regulamentação permite, ainda, uma ligação mais clara e direta com os órgãos governamentais, como a previdência social, que presta benefícios de auxílio a doenças.

Entretanto, o nome de uma enfermidade pode mudar de um país para o outro, de acordo com o seu idioma, o que pode gerar conflitos na hora da tradução. Portanto, é importante ficar atento. Com a ajuda e o uso da sigla é possível evitar erros e falhas.

Categorias do CID-10

Cada umas das categorias pode englobar um grupo de doenças similares. Veja:

  • Algumas doenças infecciosas e parasitárias: A00 a B99
  • Neoplasias: C00 a D48
  • Doenças do sangue e dos órgãos hematopoéticos e alguns transtornos imunitários: D50 a D89
  • Doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas: E00 a E90
  • Transtornos mentais e comportamentais: F00 a F99
  • Doenças do sistema nervoso: G00 – G99
  • Doenças do olho e anexos: H00 – H59
  • Doenças do ouvido e da apófise mastoide: H60 – H95
  • Doenças do aparelho circulatório: I00 – I99
  • Doenças do aparelho respiratório: J00 – J99
  • Doenças do aparelho digestivo: K00 – K93
  • Doenças da pele e do tecido subcutâneo: L00 – L99
  • Doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo: M00 – M99
  • Doenças do aparelho geniturinário: N00 – N99
  • Gravidez, parto e puerpério: O00 – O99
  • Algumas afecções originadas no período perinatal: P00 – P96
  • Malformações congênitas, deformidades e anomalias cromossômicas: Q00 – Q99
  • Sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos e de laboratório, não classificados em outra parte: R00 – R99
  • Lesões, envenenamento e algumas outras consequências de causas externas: S00 – T98
  • Causas externas de morbidade e de mortalidade: V01 – Y98
  • Fatores que influenciam o estado de saúde e o contato com os serviços de saúde: Z00 – Z99
  • Códigos para propósitos especiais: U04 – U99

E-book: 5 dicas para se tornar um bom médico 2.0

Não fique de fora da revolução tecnológica na medicina!

CID 11 será lançada em breve

Em julho de 2018, a OMS divulgou, oficialmente, a CID 11. Dessa forma, a nova versão traz uma série de novidades e novas formas de usabilidade.

Em desenvolvimento há mais de dez anos, a CID 11 entrará em vigor a partir de 2022, portanto os países e organizações terão algum tempo para a adaptação. Isso inclui traduções, treinamento de profissionais além de outras obrigatoriedades para sua implementação, por exemplo.

A nova versão conta com mais de 55 mil códigos únicos para os mais variados diagnósticos médicos, como lesões, doenças e causas de morte. Dessa forma, médicos de todo o mundo terão a possibilidade de compartilhar informações médicas de forma padronizada e sem a possibilidade de erros, assim como já acontece na atual versão da CID.

É importante ressaltar ainda que a CID 11 foi elaborada com o envolvimento de diversos profissionais da saúde. Só para exemplificar, a OMS recebeu mais de dez mil propostas de revisão da CID 11.

Novidades na versão 11

Algumas novidades também foram implementadas na versão nova. Os códigos relacionados à resistência microbiana, por exemplo, foram revisados e agora estão de acordo com a GLASS (Sistema Global de Vigilância da Resistência Antimicrobiana).

Outra importante atualização está na adição de dois novos capítulos. Eles foram criados com a finalidade de incluir a educação sexual e a medicina tradicional. A primeira delas tem o propósito de reunir siglas que atualmente se encontram em outros capítulos, a fim de simplificar alguns diagnósticos. Já a medicina tradicional, por sua vez, já era amplamente utilizada pelos profissionais de saúde, mas ganhou espaço próprio apenas agora.

Saiba mais sobre o assunto clicando aqui.

ProDoctor CID

Em compromisso com a sociedade e com atenção especial aos profissionais de Saúde, a ProDoctor Software está em constante desenvolvimento de ferramentas e instrumentos para que seu dia a dia fique mais simples.

Desenvolvido em 2013, o aplicativo gratuito ProDoctor CID atende não só médicos, como também farmacêuticos e demais profissionais da Saúde, possibilitando acessar toda a Classificação Internacional de Doenças em qualquer lugar e sempre que precisar.

Além disso, o app acompanha o profissional de Saúde no dia a dia das consultas para uma busca rápida da Classificação Internacional de qualquer enfermidade. Como resultado, o usuário pode favoritar, acrescentar anotações e informações adicionais nas doenças que desejar.

Conheça melhor nosso aplicativo:

 Gratuito e disponível para Android e iOS (iPad e iPhone), baixe agora e faça sua consulta à CID-10!

Você pode se interessar por