Como inserir QR Code na receita digital? | Blog ProDoctor
Atualizações ProDoctor

Entenda como o QR Code na receita digital dá mais praticidade e segurança a médicos e pacientes

Se tem uma palavra que caracteriza os tempos atuais, essa palavra é “velocidade”. Quanto mais rápido a gente consegue acessar uma informação no meio digital, melhor, não é mesmo? Assim, quando o médico coloca o QR Code na receita digital, oferece ao  paciente essa rapidez e ainda contribui para a segurança dos dados de todos os envolvidos.

O QR Code tem a agilidade na sua essência. O nome, inclusive, tem esse significado: código de resposta rápida. O recurso foi uma invenção da indústria automobilística japonesa, em 1994. Algumas décadas depois, o código dos quadradinhos invadiu o mercado global devido à sua forma padronizada de armazenar qualquer tipo de informação. 

Hoje, o QR Code está até nas receitas médicas. E com a possibilidade de inserir a assinatura digital no software médico da ProDoctor, seguindo todos os preceitos legais exigidos, o processo de criação da prescrição médica digital fica muito mais fácil e seguro.

Neste artigo você vai entender:

  • Como o QR Code na Receita Digital pode facilitar ainda mais o seu dia a dia.
  • Como é fácil emitir uma prescrição digital ética e segura usando o ProDoctor.
  • Como escolher um prescritor eficiente, ético e seguro.

O que é e como funciona a Receita Digital?

A Receita Digital é uma prescrição médica na forma de um arquivo digital. Ou seja, ela foi elaborada e armazenada utilizando um sistema informatizado, sem nenhum uso de papel.

É um documento no formato PDF que pode ser emitido por meios eletrônicos, desde que seja assinado digitalmente por um profissional de Saúde certificado via protocolo Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras (ICP-Brasil).

Ao término da consulta, a transmissão da Receita Digital é feita por um meio eletrônico. Por exemplo: e-mail, SMS ou WhatsApp.

Logo, o paciente não precisa ir até o consultório para receber a prescrição, ele pode acessá-la pela Internet.

Também não é necessário imprimir o receituário digital, uma vez que o farmacêutico pode acessá-lo escaneando o QR Code em um smartphone.

|Leia também: Vantagens da prescrição eletrônica

Receita Digital e Receita Digitalizada: qual a diferença?

É importante entender que a Receita Digital é diferente de receita digitalizada.

  • Receita digitalizada: é apenas uma fotocópia da receita impressa, não pode ser validada no site que citamos acima. Nesse caso, a farmácia precisa do documento impresso e assinado.

Como funciona o QR Code na Receita Digital? 

Existe muita confusão sobre o QR Code na Receita Digital. Muitas pessoas acreditam que esse código já é o indicativo que o documento foi assinado digitalmente, mas isso não é verdade.

O QR Code é apenas um código que leva a um arquivo PDF armazenado na nuvem. Caso o documento seja assinado digitalmente, é preciso que o mesmo passe pelo Validador de Documentos Digitais oficial do Conselho Federal de Medicina (CFM) ou do Conselho Federal de Odontologia (CFO), Conselho Federal de Farmácia (CFF) e ITI.

Fonte: ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação)

O que diz a Lei sobre o QR Code na Receita Digital?

A regulamentação da Receita Digital abarca diversas Leis Federais e Resoluções de Conselhos.

Podemos citar aqui a Resolução do CFM Nº 2.299/2021, de 26 de dezembro de 2021, que regulamenta, disciplina e normatiza a emissão de documentos médicos eletrônicos, como a prescrição médica.

Em geral, as normas orientam o uso seguro dos dados e exigem um certificado digital em cada documento eletrônico da área da Saúde.

Segundo o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), o “certificado digital é um documento eletrônico que contém o nome, um número público exclusivo denominado chave pública e muitos outros dados que mostram quem somos para as pessoas e para os sistemas de informação. A chave pública serve para validar uma assinatura realizada em documentos eletrônicos.”

A Resolução de 2021 afirma, no Artigo 2º, que todo documento médico emitido digitalmente deve conter a assinatura digital do médico.

Isso acontece porque a validade ética, legal e jurídica de um documento eletrônico se dá justamente através da assinatura digital no padrão ICP-Brasil.

Aqui, no nosso Blog, temos um Guia definitivo para conhecer a legislação sobre prescrição médica. Recomendamos a leitura!

Como assinar digitalmente com o ProDoctor e gerar uma receita médica com QR Code

Se apenas o QR Code não é o suficiente para indicar que a receita foi assinada digitalmente, ter uma funcionalidade que agregue esses dois aspectos de forma segura é fundamental.

Com o ProDoctor Plus e o ProDoctor Corp, nossos usuários têm acesso ao ProDoctor Drive, que permite que a Receita Digital seja armazenada de forma segura e que o documento possa ser compartilhado por meio de apenas um código.

Confira o passo a passo:

  1. Vá até a aba “Impressos” na página de identificação do paciente.
Assinatura digital prontuário eletrônico prodoctor

2. Selecione o documento que deseja assinar.

3. Marque a opção “PDF Assinado”.

Com o ProDoctor Drive, o processo de envio à nuvem ocorre de maneira automática, quando um impresso é assinado digitalmente pelo ProDoctor Corp.

Um link é gerado (indicando o local de armazenamento na nuvem) juntamente com seu código de acesso, que permite a visualização do impresso.

Tanto o link que direciona ao armazenamento na nuvem quanto o código de acesso podem ser acessados realizando a leitura do QR Code.

Ele pode ser encontrado no lado inferior direito do impresso assinado digitalmente, como destacamos abaixo:

Tanto o link que direciona ao armazenamento na nuvem quanto o código de acesso podem ser acessados realizando a leitura do QR Code encontrado no lado inferior direito do impresso assinado digitalmente.

Procurando um prescritor de receita digital grátis? Não caia nessa cilada!

Alguns sistemas de gestão se integram a plataformas de prescrição, muitas vezes “gratuitas”, e que parecem ser convenientes, mas que podem levar você, médico, a violar a lei e a expor os dados dos pacientes, sem nem mesmo se dar conta. 

Com o ProDoctor, você conta com o maior nível de segurança de dados do mercado. Nossa solução não integra. É unificada, ou seja, tem tudo que você precisa em um lugar só.

Portanto, se você é profissional da Saúde e precisa prescrever eletronicamente, não deixe de considerar duas coisas:

  1. Ética e Segurança.

Alguns prescritores compartilham e/ou vendem seus dados e os dos seus pacientes para terceiros, sem que você e seu paciente saibam. Isso viola não apenas a LGPD, como fere também a Resolução do CFM Nº 2.299/2021. Fique atento!

  1. Facilidade de uso.

A ferramenta precisa ser inteligente, simples e fácil de usar, oferecendo agilidade ao seu dia a dia, disponibilizando uma base de medicamentos confiável e completa.

O software médico de gestão da ProDoctor oferece tudo isso e vai além.

Com o ProDoctor, você tem um sistema inteligente, fácil e seguro para prescrever, atendendo a LGPD e à nova Resolução do CFM. 

As prescrições eletrônicas são assinadas digitalmente no padrão ICP-Brasil com QR Code.

Além disso, a ProDoctor foi pioneira em ter registro no CRM e nosso modelo de negócios não faz marketplace, ou seja, não compartilha seus dados e de seus pacientes com terceiros, pois isso vai contra a LGPD e ao que diz o CFM. 

Com nossas soluções, você prescreve com a melhor base de Medicamentos disponível no mercado brasileiro e assina digitalmente no padrão ICP-Brasil, com QR Code. É seguro, inteligente e simples de usar. 

Contrate seu ProDoctor agora e tenha o melhor software de gestão para sua clínica ou consultório.

Você pode se interessar por