Gestão de Clínicas e Consultórios

Planejamento estratégico do consultório médico

Planejamento estratégico do consultório médico

Você tem acalentado os sonhos de ter um consultório/clínica próprio desde os tempos de banco na universidade, certo?

Desde cedo é preciso ter em mente que este ideal, para se tornar realidade, necessita não apenas dos conhecimentos científicos e do aperfeiçoamento permanente, mas também de conhecimento da realidade, planejamento, audácia, dedicação, organização, persistência e visão de futuro.

Estabelecer rotas estratégicas em uma empresa é um trabalho de gestão de longo prazo.

Ser independente para exercer a profissão dos seus sonhos significa ser dono de um empreendimento como outro qualquer, que colocará seu nome no mercado em uma luta diária para sobreviver, mantendo e conquistando clientes.

Os estabelecimentos de saúde devem ser vistos como um negócio, cuidando das necessidades de seus pacientes como verdadeiros clientes.Assim, sua clínica/consultório deve receber a mesma atenção que qualquer organização demanda para alcançar seus objetivos.

É necessário, pois, estar atento para inteirar-se rapidamente sobre o que é preciso fazer para ter sucesso na empreitada.

Confira agora algumas dicas importantes e que deverão estar sempre ao alcance dos seus olhos.

Como fazer o planejamento estratégico do consultório

1- Tenha foco permanente

Relatórios Faturamento Clínica Médica

A Medicina é a sua vocação e sua meta é ser proprietário. Este é, portanto o foco permanente que deverá guiar todas as suas ações, trabalhando dia a dia para cumprir metas e alcançar objetivos.

Antes de quaisquer decisões, elabore um planejamento estratégico para estabelecer seus objetivos periodicamente, já prevendo avaliações a cada final de etapa. Assim, os erros poderão ser sanados e as correções e melhorias implementadas em períodos posteriores.

Sem dúvida, é uma longa marcha, que por vezes pode ser penosa, mas que deve ser cumprida. Lembre-se de que chegar ao topo é difícil e tenha certeza de que manter-se é uma tarefa igualmente árdua, afinal, nada se ergue e se consolida sem o suor do trabalho, a determinação e o conhecimento.

2- Conte com profissionais

recorra a um especialista de mercado

Se você não tem os conhecimentos necessários, ou não pretende sacrificar o tempo profissional com o atendimento aos pacientes, contrate um profissional devidamente habilitado ou uma equipe de consultoria especializada.

O importante é que coloque no papel todas as suas ideias, documentando as metas e os objetivos, sejam as tarefas mais simples ou as mais complicadas. E cada passo deverá ser verificado antes de se passar ao próximo degrau.

3- Cuide da gestão financeira

Conselhos para os Médicos sobre a Declaração do IR

Geralmente, os médicos já sentem arrepios quando se fala em cuidar da gestão financeira de uma clínica/consultório.

Todavia, isto não é mais um bicho de sete cabeças, pois a utilização de um bom software de gestão permite que se faça um controle correto e eficiente das contas a pagar e a receber.

De forma rápida e segura, o software que você escolher realizará com fidelidade o trabalho de toda parte financeira. O monitoramento destas está ligado diretamente à organização dos gastos referentes à compra de materiais, além dos pagamentos da equipe e da manutenção, em geral.

4- Tenha um software de gestão

software de gestão para consultórios, clínicas médicas e pequenos hospitais

A utilização de um bom software de gestão permite que você mantenha seu fluxo de caixa sempre organizado e atualizado, de maneira que seja fácil consultá-lo para tomadas de decisões objetivando alcançar as metas financeiras.

5- Controle seus gastos

Software de gestão ajuda na Redução de Glosas

Não deixe nenhuma despesa de fora do orçamento, a começar pela definição do seu pró-labore.

Estipule o percentual de investimento/aperfeiçoamento e não se esqueça de manter um fundo de reserva para eventuais socorros em situações de emergência.

Todos os gastos com pessoal devem ser incluídos, abrangendo contador, recepcionista, colaboradores e diaristas.

6- Posicione no mercado

Como escolher o software de gestão para sua clínica e/ou consultório médico

Analisar o desempenho da clínica/consultório deve ser uma tarefa periódica para avaliar se as metas estão sendo cumpridas, detectar os erros cometidos e preparar os ajustes necessários para corrigi-los.

É fundamental reajustar as estratégias e também promover pesquisas de satisfação junto aos pacientes. Ações consideradas positivas e negativas devem ser tabuladas para análise e posterior correção, principalmente para aqueles que já estão no mercado há algum tempo.

7- Acompanhe casos de sucesso

Reputação e a confiabilidade da empresa de software médico

Além de estar atento ao desempenho do seu empreendimento, acompanhe o movimento da concorrência e procure se espelhar em casos de sucesso, não apenas na sua área, mas do empreendedorismo como um todo.

Observe como o planejamento estratégico foi fundamental para que determinadas empresas alcançassem um alto nível de qualidade e um crescimento expressivo.

Você pode se interessar por