Gestão de Clínicas e Consultórios

Como implementar o pagamento online na clínica ou consultório

pagamento online

Cada vez mais, as pessoas vêm buscando novas formas de interação financeira, e na área da Saúde não é diferente. Motivados pela popularização da Telemedicina no Brasil, por exemplo, muitas clínicas e consultórios vêm implementando novas formas de pagamento online.

Estas medidas servem, principalmente, para facilitar o atendimento ao paciente. Dessa forma, ambas as partes têm mais agilidade nos processos financeiros e podem focar na qualidade do atendimento prestado e na solução dos diagnósticos.

Se você está pensando em implementar pagamento online no seu espaço de trabalho, a ProDoctor tem algumas dicas para tornar este processo muito mais simples e rápido!

Boa leitura 🙂


Alguns temas semelhantes:
É preciso software médico para fazer controle financeiro?
Imposto de Renda para médicos


Formas de pagamento online e como implementá-las

pagamento online

Existem várias formas de realizar pagamentos online na sua clínica ou consultório. Aqui, iremos listar as principais delas, como funcionam na prática e, principalmente, seus benefícios tanto para o prestador de serviço quanto para o paciente:

  • Boleto Bancário
  • Cartão de Crédito e Débito
  • Débito Automático
  • PIX

Boleto Bancário

pagamento online

O Boleto Bancário é um dos métodos mais utilizados para realizar pagamentos de diversos segmentos. Desde contas corriqueiras como água, energia e telefone, até compras esporádicas, como produtos e serviços, podem ser feitas através deste sistema.

Um ponto importante a ser ressaltado é que o boleto bancário serve tanto para compras online quanto para aquelas feitas presencialmente. Por isso, uma das vantagens de sua implementação é que este meio pode ser usado em ambas as situações pelos pacientes. Além disso, outro ponto positivo está no tempo de recebimento. O dinheiro pode ser compensado pelo banco mais rápido do que o cartão de crédito, por exemplo.


Leia também:
Independente da situação, é importante se prevenir contra as fraudes.
Por isso, separamos o post “Como não cair no golpe do boleto falso?”
para que você se mantenha sempre em segurança.


Implementando o Boleto Bancário

Utilizar o Boleto Bancário como forma de pagamento online para seus pacientes é bem simples e existem duas principais formas de fazer este processo.

A primeira delas – e a mais simples – é utilizar um banco que permita gerar boletos bancários para depósito em conta. Opções de bancos digitais como Nubank, Inter e C6 Bank podem ser uma boa opção para receber pagamentos via boleto.

Vale lembrar que, independente do método de pagamento, é preciso gerar a Nota Fiscal, a fim de que o pagamento seja contabilizado de forma legal pela sua clínica ou consultório. No caso dos bancos digitais, onde é possível gerar boletos de cobrança, por exemplo, este procedimento deve ser feito separadamente.

Já a segunda opção é contratar um serviço de geração de boletos de cobrança nos bancos convencionais. Cada um deles pode oferecer diferentes planos desse tipo de serviço, que costumam ser cobrados por boleto gerado. Neste caso, a nota fiscal pode ser gerada automaticamente, com o imposto retido na fonte.

Cartão de Crédito e Débito

Decerto, realizar compras e efetuar pagamentos através do cartão costuma ser uma prática bem comum entre os brasileiros. Da parte do prestador de serviço, basta escolher a melhor operadora de cartão, também chamada de adquirente, fechar o contrato e receber a máquina para começar a receber os pagamentos. Mas… Como funciona quando o pagamento é feito online?

Basicamente, o processo de contratação é o mesmo. Em primeiro lugar, a clínica ou consultório precisa encontrar um adquirente ou um subadquirente. Estas empresas são as responsáveis por fazer a ponte entre o prestador de serviço e as bandeiras dos cartões, como é o caso da Cielo, Getnet, Stone e Rede, por exemplo.

A partir daí, é preciso escolher qual por onde o paciente vai realizar o pagamento. Este processo pode ser realizado utilizando a própria plataforma da adquirente contratada ou então uma desenvolvida especificamente para o seu negócio.

Implementando o Cartão Online

Se você optar por desenvolver uma plataforma, este processo poderá ser bem demorado e custoso. Neste caso, o ideal é contratar uma empresa de desenvolvimento de softwares para que seja criado um ambiente de pagamentos online, um e-commerce. A plataforma pode ser tanto um site quanto um aplicativo, por exemplo.

Uma vez criada, é necessário fazer a integração do adquirente junto ao seu ambiente de e-commerce. É importante lembrar que este processo pode variar de empresa para empresa. Após realizadas todas as etapas, já é possível realizar as transações online.

A segunda opção é utilizar a plataforma do próprio adquirente. Esta é a forma mais fácil, rápida e mais barata de fazer as transações, uma vez que a empresa contratada já possui todos os aparatos necessários para que você comece a receber pagamentos online.

Neste caso, a maioria do processo fica por conta da adquirente, que, após fechar o contrato, irá organizar todos os detalhes e processos para que o serviço comece a ser prestado. A partir daí, a clínica ou consultório já pode gerar links de pagamento para os pacientes de forma segura e eficiente.

Outro ponto importante ao contratar uma adquirente ou subadquirente está no tipo de contrato. Cada empresa possui uma particularidade e pode oferecer diferentes planos e taxas.

Na maioria dos casos, os valores são cobrados por transação e as taxas podem ser diferentes para valores pagos no débito e crédito. Algumas adquirentes ainda podem estipular um limite mínimo de transação por período, sob pagamento de multa, se esse valor não for atingido.

Também é importante estar em alerta acerca do período necessário para que o valor seja compensado na conta bancária. O espaço de tempo entre o pagamento do cliente e a compensação do valor pode ser demorado. Por isso, é necessário se atentar bem ao contrato e aos prazos nele definidos.

Débito Automático

Esta opção é pouco utilizada em estabelecimentos de Saúde, uma vez que o débito automático costuma ser mais utilizado em contas recorrentes, a exemplo dos contratos de serviço que possuem periodicidades, como planos de telefonia ou clubes de assinatura.

Entretanto, existe a opção do Débito Direto Autorizado (DDA). Vale lembrar que, para este método ser utilizado, a parte pagante deve ter este serviço ativado na sua conta bancária.

No DDA, a clínica ou o consultório agenda um pagamento nos lançamentos futuros do paciente, em uma data previamente combinada entre as partes. Posteriormente, o lançamento fica pendente na conta do paciente até que ele efetue o pagamento. É importante ressaltar que, caso o paciente não pague o lançamento, ele não fica inadimplente com o banco.

Implementando o Débito Automático

Assim como o boleto bancário, este método também deve ser contratado no banco ao qual você é correntista. Em algumas situações, pode ser necessária a utilização de uma conta em Pessoa Jurídica. Por outro lado, a implementação e o tipo de tarifa podem ser diferentes de banco para banco. Por isso, é fundamental pesquisar bem antes de escolher uma opção.

Vale lembrar ainda que este método de pagamento não depende somente da clínica ou do consultório. Para que possa ser realizado, o paciente também precisa ter este serviço ativado em sua conta bancária.

PIX

pagamento online

Lançado em novembro de 2020 pelo Banco Central do Brasil, o PIX tem o objetivo de simplificar as transações bancárias. Esta forma de transferência de dinheiro se assemelha às já existentes TED e DOC, mas com uma série de vantagens.

Confira, então, as principais vantagens do PIX em relação ao TED e DOC:

PIX

  • Dinheiro é transferido em poucos segundos
  • Gratuito para Pessoa Física e taxas reduzidas para Pessoa Jurídica
  • Disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive feriados
  • Não há limite de valor.

TED e DOC

  • Até 24 horas úteis para transferência
  • Pode ser cobrado entre R$8,00 e R$20,00 por transação
  • Indisponível após o horário comercial, feriados e fins de semana
  • R$4.999,99 para DOC. Sem limite para TED.

Outra vantagem na utilização do PIX está na facilidade do processo. Para realizar a transferência, basta inserir a chave verificadora de quem irá receber. Também é importante destacar que é possível inserir várias chaves em uma mesma conta bancária ou então uma chave diferente em cada conta. As chaves verificadoras podem ser:

  • CPF
  • Número de telefone
  • E-mail
  • QR Code
  • Código aleatório

Como escolher a melhor forma de pagamento online?

medicina no mundo

Conheça seus pacientes

Antes de fazer a escolha final, é muito importante que você leve em conta qual é o seu público alvo. Vale lembrar que não existe um meio de pagamento online definitivo para facilitar as transações. Cada caso exige opções diferentes e que sejam mais adequadas não só para a clínica/consultório, como também para o paciente.

Por exemplo: se a maioria dos seus pacientes é composta por pessoas idosas, é pouco provável que elas possuam aplicativos de pagamento online. Dessa forma, esta pode não ser uma boa opção. Por outro lado, se seu público é mais jovem, talvez utilizar o DDA não seja muito eficaz por exigir uma conta bancária com este serviço específico.

O importante é levar em conta não só a idade dos pacientes, mas também outras métricas como a faixa salarial, o valor médio dos seus procedimentos e outros detalhes que façam sentido para o seu público específico.

Teste A/B

Se acaso você não consegue se decidir, é possível fazer um teste com dois ou mais métodos de pagamento para ver qual a melhor aderência dos seus pacientes. Também é importante que eles tenham mais de uma opção além das convencionais. Isso pode ajudar – e muito – na hora de reduzir a inadimplência dos pacientes e melhorar a saúde financeira do seu negócio, por exemplo.

Contudo, é preciso pensar bastante na hora de escolher quais formas serão adotadas, uma vez que estes serviços são cobrados e você terá que conciliar o pagamento de ambos até decidir qual será sua escolha definitiva.

Divulgue suas opções

Para que seus pacientes tenham mais conforto nas questões financeiras que envolvem o atendimento, é preciso que eles conheçam todas as possibilidades de pagamento. Por isso, deixe bem claro que, além das formas de pagamento comuns, também é possível realizar o pagamento online.

Por fim, se você quer saber mais formas de como ter um contato próximo e repassar informações de forma eficiente com seus pacientes, leia nosso post com 5 ferramentas de Marketing Digital para clínicas e médicos.

E depois? Como manter tudo em ordem?

Conheça os Softwares de Gestão da ProDoctor Software S/A

Se acaso você já implementou as formas de pagamento online ideais para seu espaço de trabalho, mas não sabe como manter o controle de tudo, não se preocupe!

A ProDoctor Software é especialista na gestão de clínicas e consultórios e simplifica a rotina de profissionais da Saúde em todo o Brasil há quase 30 anos. Além disso, trabalhamos lado a lado com nossos clientes para gerar a melhor experiência possível, reduzindo erros e economizando tempo e dinheiro.

Para saber como podemos te ajudar, não só no setor financeiro, mas também no faturamento, recepção, estoque ou qualquer outra área da Saúde, basta entrar em contato com nosso time comercial!

Você pode se interessar por