Humanização no atendimento - Blog ProDoctor
Medicina e Saúde

Humanização no atendimento

7 erros no atendimento ao paciente que devem ser evitados

A humanização no atendimento, de uma maneira geral, tem como pilares o respeito e a valorização de cada indivíduo. De maneira idêntica, na área da Saúde, este conceito está diretamente ligado aos compromissos éticos e aos métodos empregados no que se refere a atenção à saúde e à gestão dos serviços.

Em maio de 2000, o Ministério da Saúde criou as bases do Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar.

Neste post, o Blog da ProDoctor Software abordará vários pontos para que você entenda bem os conceitos e objetivos da humanização no atendimento médico. Confira nossa abordagem:

  • O que é humanização no atendimento médico
  • Benefícios da humanização
  • Humanização em tempos de Coronavírus
  • Importância da humanização no atendimento médico
  • Relação médico-paciente
  • Como alcançar a humanização no atendimento médico?
  • Humanização no atendimento em uma UTI

Leia também:
Musicoterapia: quando e porque indicar a seus pacientes
Como melhorar a relação Médico-Paciente


O que é humanização no atendimento médico

Humanização do atendimento médico

A humanização no atendimento médico abrange não só a ética profissional, o tratamento individualizado e o cuidado realizado com empatia, atenção e acolhimento integral; mas também a escuta atenta e diferenciada, com olhar sensível para as questões humanas.

Além disso, enfatiza o respeito à intimidade e às diferenças, apregoando uma comunicação eficiente e capaz de possibilitar a troca de informações. Contempla, ainda, a confiança, a segurança e o apoio aos pacientes, tendo como base uma infraestrutura adequada.

Segundo a Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), a humanização no ambiente médico abrange não apenas o ambiente físico, bem como o cuidado dos pacientes e seus familiares, além das relações entre a equipe de saúde.

Dentro de uma UTI, o trabalho tem como foco permitir um atendimento efetivo ao paciente. Em síntese: procurando dar-lhe um tratamento que o veja como um todo, procurando suprir suas necessidades não só biológicas e psicológicas, bem como sociais e espirituais.

Benefícios da humanização

Conforme o Ministério da Saúde, a humanização do atendimento médico possibilita inúmeros benefícios, como por exemplo:

  • Torna mais fácil ser lembrado pelo paciente.
  • Maior eficácia no cuidado dispensado ao paciente.
  • Forte relação com a ética.
  • Fidelização, facilidade em ganhar a confiança de quem é atendido.

5 dicas para cuidar da Saúde Mental dos profissionais de Saúde

Em tempos difíceis, a saúde mental é algo importante para ter cuidado. Confira nossas dicas no nosso E-book!

Humanização em tempos de Coronavírus

Atendimento humanizado no coronavírus

Assim que a Organização Mundial da Saúde (OMS) homologou a pandemia do novo coronavírus, a AMIB tem procurado novas informações para auxiliar a comunidade intensivista e demais profissionais da área de Saúde. Conforme entendimento da AMIB, “entender e avaliar o panorama atual das Unidades de Tratamento Intensivo no Brasil é fundamental para a compreensão e auxílio no enfrentamento dessa crise da melhor forma possível”.

Dessa maneira, agiu rápido. Logo depois de realizar uma pesquisa apurando o cenário das UTIs do Brasil para enfrentar a Covid-19, elaborou um documento com as Recomendações da Associação de Medicina Intensiva Brasileira para a abordagem do COVID-19.

Para saber sobre os números da Covid-19 em tempo real, acesse o site da Universidade Johns Hopkins.

Importância da humanização no atendimento médico

Proporcionar um atendimento humanizado significa dar a cada paciente um cuidado integral. Em outras palavras: possibilitar que exista não só qualidade em termos de tratamento técnico, como também a qualidade do relacionamento entre a equipe médica com o paciente e seus familiares.

Confira em nosso Blog como o Coronavírus tem estreitado as relações médico-paciente.

Relação médico-paciente

Relação médico-paciente

A confiança mútua é o pilar principal do relacionamento que se estabelece entre o médico e o paciente. Com ela, o profissional pode conseguir a adesão do enfermo, a fim de que entenda e participe do tratamento, com o intuito de que chegue à cura de uma forma mais rápida.

Em seu Capítulo V, o Código de Ética Médica trata unicamente da relação do médico com pacientes e familiares.

Confira em nosso Blog as dicas para melhorar a relação médico-paciente, para melhorar ainda mais a humanização no atendimento de sua clínica/consultório.

Como alcançar a humanização no atendimento médico?

Com o intuito de que sua clínica/consultório possa alcançar a humanização no atendimento médico é preciso que todos os colaboradores estejam afinados com este ideal. Dessa maneira, é importante observar estes 5 passos:

  • Promover a qualidade dos dados dos usuários.
  • Humanizar o ambiente.
  • Melhorar a relação entre médico e paciente.
  • Promover a boa gestão dos processos.
  • Criar programas de medicina preventiva.

Humanização no atendimento em uma UTI

Humanização do atendimento na UTI

Um aspecto de alta relevância no atendimento em uma Unidade de Terapia Intensiva é o de assegurar a cada paciente sua dignidade como pessoa. Isto implica em respeitar e zelar por seus direitos. Da mesma forma, é importante que os profissionais envolvidos no processo sejam ouvidos, a fim de que se tenha um conhecimento real de como eles entendem suas obrigações em prol da humanização no atendimento.

Resumo

A humanização no atendimento médico é possível, sim. Conforme expusemos no texto que você acabou de ler, esta é uma busca permanente no aperfeiçoamento da relação médico-paciente. Humanizar o atendimento médico é garantir um cuidado integral, que permita um tratamento mais rápido para a cura e, também, a minimização das dores e angústias, quer seja do paciente, quer seja de seus familiares e amigos.

Humanização no atendimento alia os componentes racionais e sensíveis. Extrapola os meros aspectos patológicos de uma enfermidade.

Você pode se interessar por