Medicina e Saúde

Estetoscópio eletrônico: tudo o que você precisa saber

Estetoscópio eletrônico: tudo o que você precisa saber

O estetoscópio eletrônico ou estetofone (do inglês Stethophone) é mais uma das junções inovadoras da saúde ao mundo tecnológico. Com conceito moderno e que permite superar os baixos níveis de ruídos, graças à ajuda da tecnologia, é possível ampliar eletronicamente os sons corporais.

A utilização do estetoscópio eletrônico ainda não se popularizou no Brasil. Por aqui, poucas lojas têm acesso ao produto, que na maioria das vezes são revendidos de empresas americanas.

As facilidades e a gama de ferramentas que simplificam e ajudam o profissional no seu trabalho aumentam diariamente. Em razão disso, várias empresas e especialistas da saúde já estão adotando o estetoscópio eletrônico em seus atendimentos.

Com aparelhos que contam com conversão de ondas sonoras acústicas em sinais elétricos, o médico consegue ouvir um som fiel ao acústico, sendo amplificado e utilizado para que se obtenha um melhor diagnóstico.

Os estetoscópios eletrônicos comercializados utilizam-se de vários sistemas. Desse modo, o mais comum é o de cristal piezoeléctrico, material colocado dentro de uma espuma atrás de uma membrana de borracha, funcionando como captador. Dessa maneira, é possível garantir o bom resultado que o profissional procura.

 Veja mais: O que não pode faltar na bolsa médica

Perguntas frequentes sobre o estetoscópio eletrônico

Estetoscópio eletrônico: tudo o que você precisa saber

Com as transformações na Medicina provocadas pela tecnologia, muitas normas, objetos e serviços estão surgindo e sendo utilizados por médicos em consultórios e clínicas. Algumas inovações vêm ocupando destaques, como:

  • O estetoscópio eletrônico;
  • A Telemedicina (assunto e questão em voga nos dias atuais);
  • o fonocardiograma;
  • e outras ferramentas que propiciam diagnósticos mais precisos, até remotamente.

Sendo assim, esclarecemos a seguir dúvidas frequentes sobre a aplicabilidade do estetoscópio eletrônico no ambiente de trabalho do médico.

1-  Quais são as vantagens de um estetoscópio eletrônico?

Dentre as principais vantagens da ferramenta, sem dúvidas, está o alcance de sons do coração e do pulmão, que se tornam difíceis de ouvir por diversas razões, podendo ser potencialmente perdidos com o aparelho manual. Portanto, a amplificação, juntamente com a redução de ruídos externos, ajuda a focar nos sons que são necessários.

2- De quanto é a redução de ruído ambiente?

A linha dos Estetoscópios Eletrônicos 3M™ Littmann Modelo 3100 e Modelo 3200 (modelo sugestivo) reduz cerca de 85% de ruídos externos. Nesse sentido, utilizar de benefícios como esses podem melhorar seu trabalho e tornar seu diagnóstico mais preciso.

3 – Como recarregar o equipamento e que tipo de bateria deve ser usada?

Os equipamentos utilizam, como padrão, bateria alcalina. Porém, isso pode variar de acordo com o modelo escolhido. Dessa maneira, caso seu estetoscópio siga outra linha, deve-se mudar as configurações. A indicação de vida útil da bateria geralmente se encontra na tela de exibição.

4 – Se a bateria estiver descarregada, consigo utilizar?

Não. Os estetoscópios eletrônicos não funcionam sem a bateria. Sendo assim, eles não funcionarão como um estetoscópio manual e tradicional.

5 – Qual a vida útil da bateria? O que posso fazer para estendê-la?

A bateria terá uma duração de aproximadamente 60 horas de uso contínuo. Uma vez que, em alguns aparelhos, antes da bateria acabar totalmente, você ouvirá um som de alerta.

6 – Mais funcionalidades

No mercado é possível encontrar aparelhos com diferentes funções, para melhor atender em seu diagnóstico. Dentre elas está o Bluetooth, tecnologia que permite a transferência de sons e documentos para seu computador. Em síntese, aderindo a um equipamento com essa funcionalidade, é possível fazer o arquivamento e o envio dos documentos para outra máquina.

7 – Qual a durabilidade dos estetoscópios eletrônicos?

Os aparelhos passaram por grandes testes antes de entrarem no mercado, bem como testes de impermeabilidade, de queda, de limpeza, de pressionamento dos botões e outras avaliações para garantir que possam suportar condições mais rigorosas. Embora todos os aparatos tecnológicos sejam importantes, dar atenção ao acabamento físico é primordial. Uma boa sugestão são equipamentos com metais fundidos sólido, acabamentos cromados duráveis do auscultador, o que suportará anos de desgaste e uso.

8 – Como limpar o estetoscópio eletrônico?

A limpeza da ferramenta é recomendada após o uso em cada paciente. Portanto, ele deve ser higienizado com solução de álcool isopropílico a 70% ou lenços de limpeza. Atenção! Não mergulhe o estetoscópio em qualquer líquido ou coloque-o no processo de esterilização, pois estes passos podem danificar o objeto.

9- Quanto custa um estetoscópio eletrônico?

Os preços da ferramenta costumam variar em uma média de dois à quatro mil reais. O estetocópio pode ser encontrado em algumas lojas nacionais e em lojas internacionais. Vale lembrar que para compras fora do país avalie o site, o valor que será convertido para a moeda brasileira e as condições de entrega. 

  •  Todas as respostas e esclarecimentos foram levantados e propostos a partir das avaliações e questões dos modelos 3100 e 3200 da linha 3M™ da Littmann. As recomendações citadas acima são   sugestivas também para outras linhas e marcas. Em caso de dúvidas, consulte o Manual de Instrução e mais informações do produto que escolher.

Estetoscópio para deficientes auditivos

Muitos médicos e profissionais da saúde sofrem com a perda auditiva e se veem em situações complicadas para a conclusão de um diagnóstico e uma triagem básica.

Além da amplificação do sinal de áudio, o estetoscópio eletrônico permite uma exibição visual do fonocardiograma ou fonopnemograma. Toda representação dos sons cardíacos aparece na tela. O material pode ser baixado para visualizações posteriores. É uma importante ajuda para os profissionais que possuem alguma perda auditiva.

Em entrevista para o blog Crônicas da Surdez, Tais Seki, que é estudante de Medicina e surda, relata seu dia a dia e fala sobre os benefícios do estetoscópio especial para suas aulas na Faculdade. A autora do blog é Paula Pfeifer Moreira, bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), diagnosticada com deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Para conferir seu depoimento, clique no link abaixo:

 Depoimento Tais Seki

Estetoscópio eletrônico: vale a pena?

Os passos que a tecnologia vem dando em direção à Medicina podem assustar alguns profissionais de saúde. Porém, é impensável dispensá-la no cotidiano da profissão. Sendo assim, vale frisar que, com mais tecnologia, os erros terão menor incidência, proporcionando mais praticidade e eficácia no trabalho rotineiro.

Vale a pena? Bom, ferramentas novas e questões tecnológicas como essa trazem muitas dúvidas e questões a serem pensadas e debatidas. Para solucionar algumas interrogações, veja a opinião de quem está no mercado e utiliza o equipamento desde o ambiente acadêmico. Separamos um vídeo do canal Cardiopapers, confira:

 

 

Por fim, com essas dicas e dúvidas esclarecidas fica fácil escolher seu estetoscópio eletrônico! Para saber mais como a saúde e a tecnologia estão se integrando, acesse nosso blog e confira nossos posts! 

Você pode se interessar por