Gestão de Clínicas e Consultórios

5 dicas para você ser um médico gestor de alta performance

medico gestor de alta performance

Ao concluir um curso de Medicina, são diversas as opções de carreira que aguardam este profissional. Trabalhar em clínicas e hospitais é uma delas, outros escolhem pós-graduações e especializações para se aprofundarem nas áreas de seu interesse, outros escolhem ainda uma terceira opção: abrir a própria clínica ou consultório médico.

Os que fazem esta última escolha têm a missão de não apenas serem ótimos na Medicina e no atendimento aos pacientes, mas também adentrar no mundo da gestão e do empreendedorismo.

Sabemos como isso pode parecer complexo em um primeiro momento, mas existem várias estratégias e ferramentas para ajudar nesta missão. Neste artigo falaremos um pouco sobre elas.


Leia também:
Gestão de Clínicas: o Guia definitivo
Gestão de Consultórios: tudo o que você precisa saber


Importância da Gestão em empreendimentos médicos

medico gestor de alta performance

Os principais empreendimentos na área da Saúde são clínicas especializadas, consultórios, centros de saúde, hospitais e laboratórios de exames e diagnósticos. Cada um destes empreendimentos conta com suas peculiaridades e, no geral, possui serviços de limpeza, logística, compra de materiais e controles de qualidade.

Além disso, cada um presta diversos tipos de serviço aos seus clientes e pacientes. Cada uma destas atividades citadas precisa de profissionais capacitados responsáveis por realizá-las e monitorá-las. Para que tudo isso funcione em sinergia, é extremamente necessário que se faça uma boa gestão.

5 dicas para o Médico Gestor

medico gestor de alta performance

Agora que você já entendeu o que é e qual a importância da Gestão na Medicina, vamos às dicas:

Comece pela Gestão Financeira

Para que se comece qualquer empreendimento, o mínimo que se espera é que a vida financeira do médico empreendedor esteja bem estruturada e próspera.

Aqui não é diferente. A gestão financeira para médicos consiste no uso de diversas ferramentas da gestão financeira, aplicadas às realidades de uma clínica médica.

Sendo assim, siga os seguintes tópicos para que o dinheiro não seja empecilho no crescimento do seu negócio:

  • Faça a separação das receitas e gastos da clínica e das suas receitas e gastos pessoais;
  • Anote e registre todo o fluxo de caixa;
  • Projete os ganhos e gastos fixos da clínica;
  • Tenha metas e objetivos, tanto de número de clientes quanto de crescimento físico e financeiro do seu negócio;
  • Invista em divulgação e campanhas de marketing;
  • Busque por softwares e ferramentas de gestão para tornar suas análises financeiras mais automatizadas e práticas.

Determine métricas de análise

Assim como a primeira, esta dica serve para todo tipo de empreendimento.

Determinar métricas de análise vai permitir ao médico gestor conhecer e mensurar melhor os números obtidos pelo desempenho do seu negócio.

Essas métricas permitirão a coleta de dados para análises futuras, que servirão de embasamento à tomada de decisões, posicionamentos e direcionamentos por parte do gestor.

As métricas para clínicas médicas permitirão ainda mensurar o número de pacientes ausentes e a satisfação dos mesmos.

Faça uso de bons softwares e ferramentas de gestão

Assim como para a gestão financeira, existem diversas ferramentas para gerenciar clínicas médicas em si. Estas ferramentas vão auxiliar desde o preenchimento de dados dos clientes até o monitoramento de seu histórico de saúde e evolução do tratamento.

Os softwares de gestão médica, por exemplo, são um exemplo de tecnologia que é responsável por integrar todas as áreas de uma empresa, desde o banco de dados até o controle de estoque e verificação de contas a pagar.

Não deixe de buscar entender ainda melhor como utilizar tais ferramentas na gestão do seu empreendimento médico e ainda, como controlar melhor o seu tempo de trabalho para aproveitar melhor os momentos ao lado das pessoas que gosta.

Organize todas as atividades da clínica

O tempo pode ser o maior aliado ou o maior inimigo na gestão de tarefas de uma clínica.

Muitas vezes, a linha tênue que faz essa diferença é a capacidade do gestor de reunir todas as informações possíveis, pertinentes às tarefas e eventos da clínica em um só local.

Assim, a melhor resposta para a realização deste feito é a utilização de um cronograma.

Reúna em um cronograma todas as atividades dos colaboradores, cada um dos processos internos e externos da clínica, reuniões e horários de consultas e atendimentos.

Programe reuniões de alinhamento com todos os colaboradores

Saber como está o andamento dos processos de todos os colaboradores é muito importante para um gestor.

A partir de seus depoimentos e pontos de vista, o gestor pode tomar decisões mais assertivas no intuito de tornar os processos da clínica mais funcionais e satisfatórios, inclusive para o cliente.

Para tanto, recomendamos reuniões no modelo Daily Scrum.

Este evento diário da Metodologia Ágil tem duração limitada (economizando tempo) e objetivo de entender quais demandas cada colaborador realizou nas últimas 24 horas, quais ele planeja executar nas próximas 24 e quais os impedimentos que vem encontrando.

Tem muito mais conhecimento esperando por você

Este post foi escrito pelo Grupo Voitto, a maior escola de negócios do Brasil, que vem se dedicando a trazer muito conteúdo agregador para você, médico gestor.

Sendo assim, para ficar por dentro de todo este conteúdo, não deixe de acessar o Blog da Voitto, compartilhar os artigos em suas redes sociais e nos marcar para que possamos interagir e crescer juntos!

Você pode se interessar por