Datas Comemorativas da Saúde

Você sabe o que é o Outubro rosa?

O Outubro Rosa é uma campanha de nível mundial que é realizada, como o próprio nome diz, no mês de outubro, com o propósito de alertar a população sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama. A campanha também tem o intuito de disseminar informações preventivas sobre o câncer de mama e ressalta a importância de olhar com atenção para a saúde.

Além disso, luta por direitos como o atendimento médico e o suporte emocional, garantindo um tratamento de qualidade. 

Neste mês, diversas instituições encorajam mulheres a fazer os seus exames e muitas até os disponibilizam em condições especiais para facilitar o acesso a pessoas de baixa renda. 

O movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama “Outubro Rosa” foi criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) participa do movimento desde 2010, promovendo eventos técnicos, debates e apresentações sobre o tema. Também produz materiais e outros recursos educativos para disseminar informações sobre fatores protetores e detecção precoce da enfermidade.

Câncer de mama: quanto antes descobrir, melhor

O câncer de mama é o tipo mais comum entre mulheres não só no Brasil, mas também em todo o mundo. Corresponde a cerca de 25% dos novos casos de câncer a cada ano no mundo e, entre as brasileiras, esse percentual é de 29%.

Câncer de mama quanto antes descobrir, melhor

Ele é causado pela multiplicação descontrolada das células da mama, gerando células anormais que se multiplicam e formam um tumor. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente. Esses comportamentos distintos se devem às características próprias de cada tumor.

É importante que sejam feitos exames regulares, a fim de que a doença seja diagnosticada em seu estágio inicial. Dessa maneira, torna o tratamento mais fácil. e reduz a evolução do quadro, aumentando as chances do paciente.

 

A prevenção do câncer de mama

O câncer de mama não é totalmente previsível em função dos vários fatores relacionados ao seu aparecimento e ao fato de que vários deles não são atitudes modificáveis. 

A prevenção do câncer de mama

A prevenção é baseada no controle dos fatores de risco e no estímulo aos fatores protetores, como os que podem ser mudados com a adoção de hábitos saudáveis:

  • Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais.
  • Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.
  • Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana.
  • Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras, por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino.
  • Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.

 

O tratamento do câncer de mama

São diversos os tipos de tratamento indicados para combater o câncer de mama. O plano terapêutico a ser adotado deverá ser definido pelo médico, mediante a análise dos exames realizados e pelos dados fornecidos pelo médico patologista, após a realização de biópsia.

O Tratamento do câncer de mama

A paciente deve ser informada sobre as melhores possibilidades de tratamento existentes para o seu caso, mesmo aquelas que não estejam ao alcance da cobertura do plano de saúde ou que não sejam acessíveis gratuitamente via SUS. É direito da paciente questionar e discutir com o médico todas as opções.

Principais sintomas

Os sinais e sintomas do câncer de mama podem variar e, em algumas mulheres que têm câncer, podem não apresentar nenhum desses sinais e sintomas. De toda forma, é aconselhável que a mulher conheça suas mamas e saiba reconhecer alterações para poder alertar o médico.

Principais sintomas
  • Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo).
  • Nódulo único endurecido.
  • Irritação ou abaulamento de uma parte da mama.
  • Dor na mama ou mamilo.
  • Inversão do mamilo.
  • Eritema (vermelhidão) na pele.
  • Edema (inchaço) da pele.
  • Espessamento ou retração da pele ou do mamilo.
  • Secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos.
  • Linfonodos aumentados

Apesar do diagnóstico precoce ser muito importante para aumentar e melhorar as chances de cura e/ou sobrevida para as mulheres com essa doença, muitos casos ainda são diagnosticados em estágios avançados, inclusive com metástases, que é quando o tumor já se espalhou para outros órgãos. 

Nesses casos de metástases, os sinais e sintomas, além dos descritos acima, podem variar de acordo com a área afetada pelo avanço do câncer. As metástases do câncer de mama em geral atingem os ossos, fígado, pulmões ou cérebro.

O mais importante que a campanha Outubro Rosa aborda é a necessidade de se tornar comum o exame preventivo, seja ele feito pela mulher em casa, através do auto exame de toque, quanto o feito por exames médicos. Este, aliás, é o mais indicado.

O câncer de mama é um tumor maligno que ataca o tecido mamário e é um dos tipos mais comuns, segundo o INCA> Por isso, é importante que os seus exames estejam em dia para que, caso a doença se desenvolva, seja tratada o mais rápido possível.

Cuide também da sua saúde mental!

Você pode se interessar por