Medicamentos e Farmácia

Startup auxilia indústria na destinação social de medicamentos

Startup auxilia indústria na destinação social de medicamentos

Conectar entidades assistenciais que necessitem de medicamentos com a indústria farmacêutica. Essa é a proposta da PegMed, uma plataforma que intermedeia a doação de remédios que estão próximos do vencimento. “Com 120 dias antes da data de validade, os remédios não podem mais ser comercializados pelo fabricante, que é obrigado a descartar um produto ainda útil e que pode ajudar muitas pessoas”, alerta o CEO Rodrigo Miranda.

A startup realiza na plataforma o cadastramento dos medicamentos que a indústria precisa descartar na plataforma. Nela constam 13 instituições beneficentes baseadas na cidade de São Paulo, que recebem a lista desses remédios e escolhem os que necessitam. O laboratório também pode escolher ou indicar a entidade de sua preferência. A entrega é combinada de acordo com cada doação, podendo ser efetuada pela indústria ou retirada no local pela instituição”, explica o CEO.

Uma das companhias que utiliza a plataforma há quatro meses é a Eurofarma. “Algumas indústrias têm seus próprios programas de doação, mas ainda muito manuais e burocráticos, fazendo o medicamento chegar à instituição muito perto de expirar a validade. Nossa plataforma consegue otimizar esse tempo, além de desburocratizar e conseguir métricas importantes para a indústria”, ressalta Miranda.

Segundo o executivo, a intermediação funciona totalmente online, mas a documentação, assinatura eletrônica, cadastro de instituições e renovação é personalizada de acordo com o que indústria farmacêutica necessitar. “Com a plataforma, as grandes indústrias farmacêuticas podem reduzir em 20% os gastos com logística reversa e incineração e aumentar em 30% as doações”, finaliza.

Fonte: Panorama Farmacêutico

 Leia Também: Farmacêuticos se reinventam frente à inovação tecnológica

Você pode se interessar por