Blog

Dia Nacional do Obstetra

Dia Nacional do Obstetra

Comemorado hoje, 12 de abril, o Dia Nacional do Obstetra homenagea os profissionais responsáveis pela saúde das gestantes e dos recém-nascidos. Além disso investiga a gestação, o parto e o puerpério nos seus aspectos fisiológicos e patológicos. Cabe a esses especialistas fazer com que o processo de nascimento de uma criança seja o mais normal e seguro possível, atendendo a todas as necessidades físicas e emocionais de suas pacientes.


Até 1832, apenas as mulheres detentoras de uma “Carta de Examinação” tinham autorização para exercer a profissão e o aprendizado. Geralmente, acontecia de maneira hereditária com os conhecimentos acerca dos procedimentos para realizar um parto. As práticas humanitárias de auxiliar o sexo feminino na gestação eram repassados de mães para filhas. 


Atualmente, a graduação em Medicina é obrigatória para o exercício do profissional, sendo especialistas e residentes em Obstetrícia. 


A profissão é de grande prestítigio e admiração, afinal  é o cuidado e o ofício da profissão em lidar com o nascimento das crianças e a qualidade de vida da mulher. Você sabia que a primeira mulher a se formar e exercer a Medicina no Brasil teve sua especialização em Obstretrícia? 


Rita Lobato Velho Lopes (1866 – 1954) além de especialista na área, esteve presente e ativa na política feminina brasileira e nos direitos das mulheres. 


O que faz um Obstreta? 


Quem escolher seguir esse caminho na Medicina se especializará em técnicas e conhecimentos empregados nos cuidados das gestantes, parturientes, recém-nascidos e seus familiares. A atuação acontece em postos e unidades básicas de saúde, hospitais, maternidades, casas de parto e clínicas. 


Atuação de um Médico Obstetra: 



  • Acompanhamento no pós-parto: observar a paciente durante o primeiro mês após o parto. Orientar sobre os cuidados necessários para esse período;

  • Apoio familiar: orientar ao parceiro (a) e aos familiares  sobre a importância nas responsabilidades e no auxílio com o bebê nos primeiros dias;

  • Atendimento a recém-nascidos: acompanhar o bebê durante o período neonatal, para verificar alimentação, peso e cuidados gerais;

  • Partos: Podemos dizer que a principal função do profissional. Realização de partos normais em clínicas, hospitais ou em domicílio. Pode estar sozinho ou com uma equipe especializada;

  • Pré-natal: Orientar fisicamente e emocionalmente a gestante durante toda sua gravidez. Solicitar exames para verificar o estado de saúde da mãe e do bebê, medir pressão arterial e procedimentos no consultório;

  • Saúde da mulher: Preparar a gestante para exames ginecológicos.


Ofícios da Profissão


No canal do Youtube Doutor TV,  o Doutor Michel Mandelman – ginecologista e obstetra, fala sobre os aspectos práticos de um pré-natal, o auxílio do profissional com as pacientes,a importância da rotina da gravidez, a prevenção de doenças e a importância do obstretra para uma gravidez saudável. Acompanhe: 



Aplicativos para Médicos Obstetras


Confira a seguir alguns aplicativos destinados aos cuidados da mulher, o processo de gestação, ferramentas que podem ajudar os médicos no acompanhamento da gravidez de suas pacientes e também acompanhar estagiários na Ginecologia e Obstetrícia.


Aplicativos para Médicos Obstetras


1 – Gesta Tools


Este aplicativo disponibiliza as principais ferramentas que os obstetras usam para auxiliar nos cálculos relativos à gestante e ao parto. Otimiza o tempo no cotidiano dos atendimento e nos cálculos que antes seriam feitos separadamente, o que é de grande ajuda em momentos de grande fluxo de consultas.


Suas principais funcionalidades disponíveis são: Calculadora de Idade Gestacional (IG) e Data Provável do Parto (DPP) a partir da Data da Última Menstruação; Calculadora de Idade Gestacional (IG) e Data Provável do Parto (DPP) a partir do exame de Ultra Som (USG); Índice de Bishop, muito útil durante Assistência ao Trabalho de Parto (TP) e o Índice de Massa Corporal.


Todo o conteúdo teve ampla revisão científica, trazendo dados fidedignos, atualizados e práticos da literatura médica. Uma prova de segurança nas informações é a disponibilização das fontes dos dados.


 Gratuito e em português. Disponível para iOS.


2 – Astraia


Software desenvolvido pela empresa alemã Astraia Software, especialmente para obstetras e ginecologistas, recebendo apoio da Fetal Medicine Foundation (Londres) e de uma equipe de especialistas reconhecidos internacionalmente em Ginecologia e Diagnóstico Pré-natal.


Com suporte completo para DICOM (Digital Imaging and Communications in Medicine ou Comunicação de Imagens Digitais em Medicina), o programa pode ser adaptado às necessidades individuais dos clientes, bem como aos requisitos legais de cada país.


Pode ser integrado com sistemas de informação hospitalar através de HL7 e soluções proprietárias. No Brasil, o aplicativo é representado pela Manager Systems. Traduzido para mais de 25 línguas e presento no mercado há mais de uma década.


 Saiba mais: Astraia


3 – Obstetrícia Mary


Com 5 estrelas nas lojas virtuais, o app Obstetrícia Mary auxilia no acompanhamento da gestação e no cotidiano das pacientes. A ferramenta pode ser utilizada por médicos, residentes em obstretrícia e ginecologia, enefermeiros obstretras e até para os estudantes de medicina. 


Suas principáis funções permite calcular a idade gestacional de forma rápida, além de conter tabelas de crescimento, guias de mais de 350 medciamentos que podem ser utilizados na gravidez e lactação e revisão das principais complicações obstétricas.


Atualizado com frequência, o aplicativo possuí análises e auxilio das comunidades médicas. 


 Disponível  para Android e iOS. 


Aplicativos para pacientes


Aplicativos para gestantes e futuras mamães


1 – Ladytimer


Este app é um calendário menstrual destina-se não apenas ao controle do ciclo menstrual, a fim de evitar a gravidez, mas também traz ajudam para as mulheres que desejam engravidar. 


O conteúdo é completo e disponibiliza informações sobre o período fértil, a provável data da menstruação e ainda mostra quais os dias mais aconselhados para engravidar caso a usuária queira um menino ou uma menina.


Apresenta ainda notificações para a realização de importantes exames ligados à saúde da mulher, como o da mama.


 Gratuito e em português. Disponível para iOS e Android.


2 – Sprout – Nascer


O app foi desenvolvido por médicos em parceria com as futuras mamães. Segundo o depoimento da Dra. Karen Abrão, Médica Ginecologista e Obstetra, Doutora em Obstetrícia e Ginecologia pela USP, “‘Nascer’ permite que as pacientes acompanhem de maneira detalhada a evolução da gravidez, obtendo informações confiáveis de maneira fácil e objetiva”.


Baseado nos Guidelines da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), traz belas imagens coloridas e modelos em 3D com um diário interativo de gravidez que permite registrar e guardar todos os momentos especiais durante esse período.


 Gratuito e em português. Disponível para iOS.


Aplicativos para estudantes de Obstetrícia


Aplicativos para estudantes de Obstetrícia


1 – CoreMed Ginecologia


O aplicativo fornece aos usuários um manual digital completo e resumido em Ginecologia e Ostestiricia. Utilizável mesmo em modo off-line para consultas de: doenças, tratamentos e terapias, sinais e sintomas, diagnóstico e exame e as diretrizes nacionais e internacionais.


O aplicativo também é um importante arquivo de leituras científicas e acadêmicos envolvidos em várias conferências nacionais e internacionais.


 Leia também: Por que devo adotar um software de gestão?