Blog

Dia Nacional de Combate ao Câncer


Diversas atividades marcaram o Dia Nacional de Combate ao Câncer, data criada em 1988 pelo Ministério da Saúde (MS) com o objetivo de ampliar o conhecimento da população brasileira sobre a moléstia, principalmente acerca de sua prevenção. As comemorações tiveram como alvo promover a mobilização popular quanto aos aspectos educativos e sociais do controle da enfermidade, que afeta hoje mais de 15 milhões de pessoas no mundo todos os anos, levando mais de 8 milhões a óbito.


Os números do Câncer


O número de casos de câncer e mortes em todo o planeta deve dobrar ao longo dos próximos 20 a 40 anos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, no ano 2030, haverá 27 milhões de casos novos de câncer, 17 milhões de mortes pela doença e 75 milhões de pessoas vivendo com câncer. O maior efeito desse aumento incidirá em países em desenvolvimento. No Brasil, o câncer já é a segunda causa de morte por doenças, atrás apenas das do aparelho circulatório.


A importância do diagnóstico precoce


Embora o avanço da doença seja uma realidade, o diagnóstico precoce e o avanço da Medicina possibilitam que o paciente tenha muitas chances de cura, cujo índice tem aumentado substancialmente. Daí a importância da realização de diversas campanhas educativas sobre os vários tipos de câncer, assim como a divulgação das formas de tentar barrar o avanço da doença.


O alerta é para a importância de que seja feita a detecção precoce do mal, que pode proporcionar ao médico fazer um diagnóstico antes que ele se agrave, conseguindo que o planejamento do tratamento seja realizado com mais tempo.


Nesta data é importante relembrar que, há 50 anos, o índice de mortalidade era de 70%, sendo que atualmente mais de 50% dos doentes conseguem se curar. Além da detecção precoce, os médicos ressaltam que os números podem ser ainda melhores se houver mudanças em alguns hábitos diários e maior conscientização.


Recomendações para prevenção


Conhecer os tipos de câncer, bem como seus fatores de risco, é fundamental para desenvolver hábitos eficazes para a prevenção. Dentre as principais recomendações do Fundo Mundial para Pesquisas de Câncer e do INCA destacam-se:



  • Gordura corporal: mantenha-se no peso ideal para sua altura.

  • Atividade física: mantenha-se fisicamente ativo, durante cerca de 30 minutos todos os dias. Os exercícios melhoram a qualidade de vida e protegem contra várias doenças.

  • Alimentos e bebidas que promovem o ganho de peso: evite bebidas açucaradas (refrigerantes, sucos artificiais) e limite o consumo de alimentos e bebidas de alto valor calórico.

  • Alimentos de origem vegetal: coma mais alimentos de origem vegetal, como hortaliças, frutas, cereais e grãos integrais.

  • Não fume. O cigarro possui substâncias tóxicas e cancerígenas.

  • Alimentos de origem animal: limite o consumo de carnes vermelhas e evite carnes processadas (embutidos em geral).

  • Bebidas alcoólicas: limite o consumo. Se for consumi-las, no máximo duas doses ao dia se for homem e uma dose se for mulher.

  • Preservação, processamento e preparo: limite o consumo de alimentos salgados e de comidas industrializadas com sal. Cuidado com cereais e grãos mofados.

  • Suplementos alimentares: não use para se proteger contra o câncer. Tenha somente a alimentação como objetivo de alcance das necessidades nutricionais.

  • Amamentação: as mães devem amamentar as crianças até os seis meses.

  • Sol: evite tomar sol nos períodos entre 10 e 16 horas. A exposição desprotegida está bastante associada aos casos de câncer de pele.

  • Mulheres: realizem exames preventivos ginecológicos, exame clínico das mamas e mamografia, quando atingirem a idade adequada. O diagnóstico precoce pode salvar vidas.

  • Realize exame de sangue oculto nas fezes após os 50 anos. O exame pode ajudar a diagnosticar o câncer colorretal.

  • Escove sempre os dentes e procure regularmente um odontologista.

  • Sobreviventes do câncer: sigam as recomendações de prevenção do câncer.


Os casos de câncer no Brasil e no mundo relacionam-se notadamente com os hábitos de vida pouco saudáveis e estima-se que o número de registros da doença poderá dobrar nas próximas décadas, principalmente nos países de baixa renda. Contudo, os médicos, especialistas e pesquisadores enfatizam que a enfermidade não escolhe cor, idade ou sexo, podendo atingir toda a população e qualquer órgão da anatomia humana.


Os mais recorrentes que atingem a população brasileira são o câncer de pele, próstata, mama, traqueia, brônquios e pulmão, cólon e reto. Entre as mulheres, o principal causador de mortes é o câncer de mama. Entre os homens, o pulmão é o maior responsável pelos óbitos.


Aplicativos para pacientes com câncer


Aplicativos para pacientes com câncer e Médicos


Aplicativos para celulares e tablets têm auxiliado de forma satisfatória pacientes com câncer que contam com o apoio da tecnologia para administrar melhor as suas tarefas, interagir com outras pessoas ou receber informações acerca de vários assuntos.


1 - Kimeo


Lançado para o público diagnosticado com algum tipo de câncer, o app funciona via rede social e promete facilitar a rotina dos usuários, proporcionando um espaço em que os pacientes possam compartilhar suas histórias, postar fotos e trocar experiências com quem passou pela mesma situação.


Disponível para Android.


2- CancerAid


O aplicativo é  um conjunto de ferramentas que inclui diário de sintomas, rede de contato com outros pacientes e perfil de usuário com informações como diagnósticos, tratamento e muito mais. Além disso, ele oferece uma interface de contato entre o paciente e cuidadores, familiares e médicos envolvidos no tratamento.


Disponível para Android e iOS.


3- Tummi


Desenvolvido por brasileiros, o aplicativo oferece perfil de usuário, agenda para não se esquecer de remédios e consultas, diário para relatar sensações e sintomas e relatórios que podem ser compartilhados com o médico.


Disponível para Android e iOS.


4- WeCancer


Outro aplicativo brasileiro que ajuda os pacientes com câncer a compreender melhor os sintomas da doença. Além disso, oferece dicas de bem estar, agenda para registrar os remédios e consultas e, ainda, amplia o contato com o médico.


Disponível apenas para Android.


Aplicativos para Médicos Oncologistas


Aplicativos para Médicos Oncologistas


1- MobileOCT


O MobileOCT é um programa que pode ajudar a salvar vidas ao transformar o smartphone em um detector de câncer cervical. Por enquanto, detecta apenas essa variação da doença, mas é possível que em breve possa realizar o mesmo diagnóstico com relação ao câncer de pele e ao câncer de boca.


O aplicativo irá trabalhar em conjunto com um sistema que liga uma lente, que utiliza a câmera do próprio smartphone, para rastrear com precisão e detectar algum sinal de câncer cervical. O usuário deverá instalar o aplicativo no smartphone, executá-lo e conectá-lo à lente com zoom 10x, a fim de capturar imagens que podem salvar vidas. Utilizando um cabo, também é possível conectar o aparelho a um sistema de luz adicional para se obter maior visibilidade.


2- MOC Brasil


O MOC – Manual de Oncologia Clínica do Brasil – é considerado uma referência em Oncologia. Ele foi idealizado para ser uma ferramenta utilizada no verdadeiro “campo de batalha” do oncologista e do hematologista.


O MOC conta com diversos recursos impressos e em meios digitais com o objetivo de difundir o conhecimento da Oncologia, trazendo para a comunidade os resultados dos mais recentes e relevantes estudos clínicos sobre os diversos tipos de câncer, em um formato conciso, rápido e extremamente atualizado.


Gratuito e disponível para Android e iOS


Aplicativos para Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer


Aplicativos para Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer


1- DreamLab


O DreamLab realiza seu trabalho enquanto o dono do celular está dormindo e pode ajudar a criar um "super computador" virtual para facilitar as pesquisas na luta contra o câncer. Ele utiliza os dados móveis doados pelo usuário do aparelho para acelerar o processamento de dados da pesquisa e agilizar a descoberta de uma possível cura para a doença.


Gratuito e disponível para Android


2- Oncotip 


Oncotip é um aplicativo de dicas de saúde para prevenir o câncer de mama, câncer de pulmão e câncer de estômago. Fornece dicas de saúde do cotidiano e artigos sobre alimentos saudáveis ​​e uma vida saudável destinada a todos, desde crianças, homens e mulheres. O aplicativo foi criado por médicos de oncologia e especialistas que têm a experiência e conhecimento sobre vários tipos de doenças malignas e suas causas.


Gratuito e disponível para Android


3- ESMO Câncer


É considerado um guia completo sobre a enfermidade, trazendo informações sobre diversos tipos de câncer. Foi desenvolvido por especialistas e fornece ao usuário um conjunto de recomendações, como os melhores padrões de tratamento da moléstia, amparados nas mais recentes conclusões da Medicina. Cada uma das recomendações pode ser baixada para a biblioteca, com abordagens sobre a incidência do câncer, critérios de diagnóstico, estadiamento da doença e avaliação de riscos, planos de acompanhamento e tratamento do câncer.


Gratuito e disponível para Android e iOS


Veja também alguns aplicativos que auxiliam dermatologistas e pacientes na guerra contra o câncer de pele.




Compartilhe