Blog

Como ter um consultório ou clínica sustentável

Como ter um consultório ou clínica sustentável


Cada vez mais as pessoas voltam seu olhar para o futuro do planeta, procurando conjugar o seu negócio com a preocupação de tornar sua atividade sustentável. Uma prática que, além de colaborar com a preservação do meio ambiente, implica em melhorias sociais e envolve questões econômicas, podendo gerar economia para o seu bolso.


Pare e pense na rotina de sua clínica ou consultório, reúna os colaboradores e troque ideias para ver o que pode ser feito. A sustentabilidade está na ordem do dia e ao adotar determinadas práticas, além de zelar pelo bem-estar dos funcionários, sua clínica ou consultório estará colaborando com o meio onde está localizada, sendo bem vista e conceituada pela sociedade.


Deixamos algumas dicas que podem servir como roteiro de análise. No princípio, atitudes que possam parecer complicadas, quando adotadas com consciência, acabam sendo realizadas com tranquilidade no dia a dia. Basta começar!


Sustentabilidade: O que pode ser feito na sua clínica ou consultório


1 - Prontuário dos Pacientes e Agenda de consultas


Economize papel e tempo com o Prontuário Eleltrônico do Paciente


Já parou para pensar em quanto papel você consome diariamente preenchendo os prontuários de seus pacientes? Sua secretária também: é no mínimo uma agenda por ano, para cada médico. Sim, a economia e o pensamento sustentável da sua clínica podem começar por aqui!


O papel é, sem dúvida, o maior vilão das clínicas e consultórios, o que evidencia a necessidade de se utilizar um bom software de gestão (quer uma dica de software de gerenciamento de clínica e consultórios completo e eficiente? Clique aqui!).


Além de economizar e cuidar do meio ambiente, você ganhará agilidade na consulta, pois terá todas as informações armazenadas diretamente no computador, com a facilidade de ver todo o histórico dos pacientes nas próximas consultas, com o receituário, condutas e informações gerais do transcorrer do tratamento.


2 - Impressão


Diminuir impressões nos consultórios médicos


Já ouviu falar da fonte Ecofont? Ela é desenhada com buracos nas letras, proporcionando uma redução de até 25% de tinta. Foi criada pela Spranq, agência de comunicação da Holanda. Saiba mais sobre a Ecofont.


Quer levar o prontuário para casa? Não precisa imprimi-lo, ao utilizar um bom software de gestão de clínicas e consultórios médicos você pode acessar os prontuários dos seus pacientes através do seu celular! A recomendação é de que apenas o indispensável seja impresso, utilizando se possível os dois lados da folha.


3 - Cartões "verdes"


Cartões de Visita com material reciclado para Médicos e Clínicas


Indispensáveis, os cartões de visita resistem aos avanços do marketing digital e permanecem como importante parte da identidade da clínica/consultório (saiba mais sobre a importância dos cartões de vista para os médicos).  Faça dessa “resistência” um sinal de que está antenado com as exigências da sustentabilidade.


Utilize papel reciclado ou papel com certificação FSC para os seus cartões, assim como para todo o material de papelaria que utilizar na empresa, como o papel timbrado e os envelopes, pois estará agregando valor à sua marca e deixando patente sua preocupação com o futuro do planeta.


Os materiais “verdes” são aqueles produzidos em processos de reciclagem ou que possam ser utilizados em atividades sustentáveis, como os papéis semente, que depois de utilizados podem gerar plantas.


4 - Lixo Hospitalar: Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS)


Descarte correto dos resíduos de clínicas e consultórios médicos


O PGRSS é um conjunto de procedimentos de gestão que visam o correto gerenciamento dos resíduos produzidos no estabelecimento. Tais procedimentos devem ser planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, a fim de minimizar a produção de resíduos e proporcionar a estes um encaminhamento seguro e de forma eficiente.


O objetivo é a proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente, obedecendo rigorosamente às legislações ANVISA RDC 306 e CONAMA 358.


Recolha as informações necessárias na Anvisa acerca das regras do seu negócio e procure regularizá-lo no órgão ambiental do seu município. Depois, prepare o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, pois todo serviço de saúde é obrigado por lei a planejar cada etapa dos procedimentos de geração, classificação e disposição final de seus resíduos de acordo com o tipo e o grau de risco.


Dessa forma, você fica resguardado e com a tranquilidade de que os resíduos produzidos no seu consultório tiveram o destino correto.


5 - Lixo Comum


Separar o material reciclável de clínicas médicas


Esteja bastante atento ao lixo produzido diariamente dentro do seu consultório ou clínica. Tenha o cuidado de implementar uma gestão simples e eficiente dos resíduos gerados por seus colaboradores e pelos pacientes, reservando espaço para separar o lixo orgânico dos restos inorgânicos.


Se houver algum serviço de limpeza terceirizado no seu local de trabalho, repasse orientações aos funcionários para que levem os resíduos para um local que priorize a coleta seletiva. Lembre-se de todo o material que pode ser reciclável deve ser separado, destinando-o a um posto de coleta mais próximo.


6 - Limpeza e Esterilização


Limpeza de Consultórios e Clínicas Médicas com materiais biodegradáveis


A preocupação em adotar práticas sustentáveis faz com que cada vez mais pessoas utilizem produtos orgânicos em seu cotidiano. Optar por produtos de limpeza biodegradáveis é uma dessas medidas muito simples e que colaboram para diminuir o acúmulo de substâncias tóxicas na natureza.


Mas, engana-se quem pensa que essa é única vantagem desse tipo de produto. Os produtos biodegradáveis também costumam render mais (garantindo economia no fim do mês), limpar com mais eficiência (sem danificar superfícies) e têm menores chances de causar lesões e alergias na pele.


Saiba mais sobre como fazer corretamente a limpeza de clínicas e consultórios médicos e onde for possível faça a substituição dos materiais utilizados.


Se em sua clínica ou consultório houver equipamento de esterilização, lembre-se de que este deverá ser utilizado na capacidade máxima para evitar o desperdício.


7 - Torneiras e descarga


Economizar água em clínicas médicas e consultórios


As pessoas pensam que não, mas um dia a água pode faltar e você, através de sua empresa, pode fazer sua parte. Cuide para que não haja desperdício. É um cuidado que deve começar em casa, sendo levado para seu consultório.


Os locais comuns que os pacientes frequentarem devem trazer orientações contra o desperdício, solicitando fechar bem as torneiras.


Opte pelas descargas com o mecanismo de acionamento duplo, que tem a opção de liberar três ou seis litros, conforme a necessidade, proporcionando assim uma economia significativa no consumo de água mensal.


Esteja atento a vazamentos no sistema hidráulico e oriente seus colaboradores nesse sentido.


8 - Copa e Cozinha


Consultório médico sustentável


A recomendação básica é que cada colaborador da clínica ou do consultório tenha a sua caneca, evitando a utilização dos copos descartáveis, o que diminuirá a produção de lixo.


Para os pacientes, conforme o tamanho da clínica ou consultório e a frequência de pacientes, você tem duas opções: utilizar xícaras ou copos descartáveis. Em ambos os casos, deverá ter um funcionário atento para cuidar que as xícaras e os copos que utilizar no ambiente estejam sempre higienizados ou que os copos sejam renovados e a lixeira com o material utilizado seja retirada sem provocar acúmulo.


9 - Monitor


Clínicas e consultórios sustentáveis


Vai se afastar do computador por um bom tempo? Economize energia desligando o monitor. Caso for sair para o almoço ou para uma reunião que possa demorar, desligue o computador.


Se houver televisão na sala de espera, desligue caso não tenha nenhum paciente esperando por uma consulta.


10 - Ação Social


Esteja onde seus pacientes estão


Procure colocar sua clínica ou consultório em sintonia com a comunidade em que está inserida. Conheça os problemas que afetam a região e procure colaborar com os moradores, estreitando o relacionamento. Promova e apoie eventos que incentivem a cidadania, participando ativamente de ações positivas e em prol do bem comum.




Compartilhe