Blog

Médico também tem que pensar na saúde financeira

Médico também tem que pensar na saúde financeira


Você, que já conseguiu montar seu consultório ou clínica e ainda atende pacientes e realiza cirurgias em diferentes hospitais, não pode se descuidar da saúde financeira do seu empreendimento. Afinal, um consultório, ou uma clínica, também é um negócio que não pode quebrar e precisa gerar lucro para continuar prestando serviços à comunidade.


Não se esqueça que é preciso ter o controle financeiro da empresa. Organização e controle são fundamentais para que as contas estejam sempre positivas no fim de cada mês.


Profissionais preparados


Relatórios Médicos


Como você não dispõe de tempo para cuidar do setor administrativo e de tantos números, precisará contar com um bom software de gestão de consultórios e clínicas e também com o trabalho de uma secretária de confiança, atenta, eficiente e dedicada.


Dependendo do tamanho do seu negócio, será necessário criar um setor próprio e contratar profissionais formados para essa função, não sobrecarregando assim sua secretária e deixando que ela foque seus esforços e atenção em atender bem seus pacientes.


São essas pessoas que ficarão responsáveis pelo gerenciamento das contas, jamais permitindo que tudo se transforme em uma grande confusão e impedindo que o seu negócio possa ficar à deriva e até escorrer pelo ralo. Daí a necessidade de contar alguém de estrita confiança e que entenda do ramo.


Contas separadas


Conta consultório separada da pessoal


O primeiro mandamento é não permitir jamais que as finanças do consultório ou clínica sejam misturadas com sua conta pessoal. Portanto, se até aqui você andou se descuidando e pagando almoço ou jantar com cheque da empresa, a partir de agora a regra é não fazê-lo mais. Você pode até pensar que uma vez ou outra não fará diferença, mas é bom manter a casa sempre em ordem e não dar margem para que o “de vez em quando” não vire costume.


Pense sempre na frente, evitando que ao fim de um período, principalmente em tempos de crise econômica, esteja diante de um grande problema e uma dor de cabeça sem fim. Esteja ciente de que, além de soar estranho você pagar um compromisso particular com um cheque emitido por um paciente, isto reflexo de desorganização. Ao manter as contas do empreendimento separadas da sua particular, você terá total controle da vida financeira do consultório/clínica.


Regras Básicas


Controle do setor financeiro do Consultório e Clínica médica


É importante que o profissional designado para essa função tenha diariamente em mãos o controle do movimento financeiro da clínica/consultório. Para evitar confusões, sugerimos algumas recomendações:



  1. Deposite imediatamente os cheques à vista.

  2. Relacione os cheques pré-datados conforme a ordem de seus respectivos vencimentos.

  3. Ao emitir ou receber os cheques, estes devem ser cruzados e precisam ser nominal.

  4. Disponha de um cofre, em local seguro, para guardar os cheques e o dinheiro recebido pelas consultas.

  5. Mantenha um Livro Caixa, no qual deverá constar o registro de todos os recebimentos e pagamentos relacionados à clínica.

  6. Estabeleça um Fluxo de Caixa, para que possa visualizar a saúde financeira do seu negócio. Assim, será possível saber com antecedência se haverá falta ou sobra de caixa em um determinado período.


Relatórios


Relatórios Faturamento Clínica Médica


 Sua secretária, ou o profissional competente que você contratou para direcionar as decisões do seu empreendimento, precisará ter em mãos relatórios com informações detalhadas sobre o seu passivo financeiro, as contas a receber e pagar, estoque e capital de giro. Pense no crescimento da empresa e esteja consciente de que a gestão financeira estratégica precisa estar em consonância com o planejamento, a projeção de caixa e as opções para se captar recursos.


Também é necessário colocar um foco especial no estabelecimento de relação com seus fornecedores, devendo ser estreita e baseada na confiança, procurando antes obter referências para só depois fazer a parceria. Não atrase os pagamentos, mas exija qualidade no atendimento, prestando bastante atenção ao preço e às condições de pagamento.


Preço


Como estabelecer o preço da consulta?


A clínica/consultório é um negócio como qualquer outro. E você, médico, um profissional como qualquer outro, que deve receber pelo seu trabalho. É fundamental saber cobrar pelo serviço prestado, com um preço justo, que não seja aviltante e assuste os pacientes, mas que também não desvalorize e desmereça o valor real do trabalho realizado. Veja algumas dicas de como estabelecer o preço da consulta.


Ferramenta de gestão


Ferramenta de Gestão do Faturamento de Consultórios e Clínicas Médicas


Para que tenha maior tranquilidade, agilidade e segurança no desenvolvimento do trabalho financeiro do seu consultório/clínica, o ideal é que, além de funcionários capacitados e de confiança, você passe a utilizar um bom software de gestão para clínica e consultórios.




Compartilhe