Blog

Dia Nacional do Deficiente Visual

 Aplicativos para pessoas com deficiência visual


Também conhecido como o Dia do Cego, a data de hoje, 13 de dezembro,  tem como propósito conscientizar a população contra o preconceito e a discriminação, incentivando o espírito de solidariedade humana.


A cegueira ou deficiência visual é caracterizada pela perda total ou parcial da visão, seja por consequências congênitas ou adquirida ao longo da vida.


Uma das principais conquistas tem sido a implantação de legislações que assegurem métodos de ensino específicos para crianças e adultos com deficiência visual, através do sistema Braille.


Aplicativos para Deficientes Visuais


1 - BlindSquare


Este aplicativo disponibiliza informações sobre localização, com pontos de interesse e rotas. Utilizando o comando de voz, o usuário acessa dados colhidos por meio de um sistema de GPS e bússola. Permite ainda realizar check-ins virtuais. Tem versões em espanhol, inglês, alemão, italiano, sueco, holandês e finlandês e está à venda na Apple Store.


2 - Light Detector


É um app que traduz a intensidade da luz em ambientes fechados através da câmera do celular. Quanto maior a luminosidade, maior será o sinal sonoro emitido pelo programa, que ainda detecta se uma lâmpada está acesa ou se uma janela está aberta. Para isto, o usuário deverá direcionar o aparelho para o local em que os objetos estão. Disponível em Português, também está à venda no iTunes.


3 - TypeInBraile


O aplicativo permite que o usuário, ao utilizar um sistema de gestos, escreva em Braile. Cada caractere é representado por meio de uma sequência de três toques na tela. Embora esteja disponível em Português, utiliza apenas o sistema Braille inglês e está à venda na Apple Store.


4 - aidColors


Com a utilização da câmera do smartphone, o app permite que os deficientes visuais identifiquem as cores. Indisponível em Português e está à venda na Apple Store.


5 - Georgie


Este app é considerado o melhor amigo de um deficiente visual no mundo tecnológico. Tem como principal função falar, literalmente, o que a pessoa está fazendo no celular. Com ele, o usuário tem em mãos uma espécie de assistente por voz, que digita e envia mensagens de texto, diz o nome de cada contato da agenda, repete o número discado e diz o nome de cada função do celular que foi selecionada.


 Além disso, ao apontar a câmera do celular para qualquer letreiro ou placa, consegue captar e ler o que ali está escrito, repetindo para o dono do aparelho. Também possui um GPS inteligente, possibilitando ao usuário registrar seus lugares preferidos, marcando todas as informações, além de reconhecer buracos, galhos ou qualquer obstáculo que o deficiente encontre em seu trajeto. Disponível na Google Play.


6 - LookTel


Diferente dos aplicativos anteriores, este tem como foco facilitar o acesso do deficiente ao mundo que está ao seu redor. Um sensor que identifica objetos e locais informa, através de comandos de voz o que se passa nas imediações de onde estiver. A identificação é feita quase que instantaneamente, devendo o usuário apontar a câmera do celular para o lugar que deseja identificar.


O smartphone se torna um cão guia falante que vai ajudar qualquer deficiente a reconhecer as atividades que precisa fazer cotidianamente, sem ficar completamente dependente de outras pessoas. Está à venda na Apple Store.


7 - DDreader


Foi lançado durante a 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo pela Fundação Dorina Nowill. O app permite que pessoas com parcial ou total ausência de visão tenham acesso a obras digitais por meio de smartphones e tablets gratuitamente. Foi o primeiro aplicativo no Brasil a disponibilizar a leitura de livros digitais em formato Daisy, antes apenas oferecido para desktop.


Com interface em português, inglês e espanhol, oferece a opção de baixar a voz em MP3 ou do usuário utilizar a que já se encontra instalada em seu aparelho. O app não é um substituto do Braille ou da versão em áudio, mas sim um complemento. O usuário pode fazer o download de livros de domínio público no formato Daisy a partir do site de distribuição e suporte da versão Windows. Disponível na Google Play.


8 - NantMobile


Este Leitor de Dinheiro reconhece cédulas instantaneamente e fala seus valores, permitindo que pessoas com deficiência visual possam identificar e contar rapidamente notas de dinheiro. Para tanto, basta que o usuário aponte a câmera de seu dispositivo para uma nota e o app informará o valor em tempo real, com o reconhecimento das moedas de 20 países. Não requer uma conexão Internet, identificando o dinheiro em qualquer lugar e em qualquer momento. Disponível na Apple Store.


Conheça o Be My Eyes: app que permite ser os olhos de um deficiente visual e veja também outros aplicativos para médicos oftalmologistas e seus pacientes.




Compartilhe