Blog

Dia Mundial da Doença de Alzheimer

Dia Mundial da Doença de Alzheimer


Comemora-se hoje o Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença de Alzheimer. A Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz) colabora anualmente com a iniciativa realizando diversas ações durante o mês de setembro.


Segundo dados do Instituto Alzheimer Brasil, hoje já são mais de 1,3 milhões de pessoas atingidas no País. A Alzheimer's Disease International (ADI) estimou em 46,8 milhões o número de pessoas no mundo vivendo com demência em 2015. E previu que quase dobrará a cada 20 anos, chegando a 74,7 milhões em 2030 e 131,5 milhões em 2050.


A doença, ainda sem cura, acomete principalmente idosos a partir dos 65 anos e se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. O risco é maior em mulheres e o fator hereditariedade nos casos de Alzheimer em pessoas com menos de 65 é fortemente considerado. A moléstia provoca perda de funções cognitivas como memória, orientação, atenção e linguagem, com dificuldade de se expressar e compreender os outros, afetando os cinco sentidos e prejudicando sua autonomia. A intensidade e a velocidade do agravamento da doença é variável de indivíduo para indivíduo.


Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz)


Há mais de 20 anos, a Associação Brasileira de Alzheimer oferece apoio e contribui para a superação de dificuldades enfrentadas desde o momento do diagnóstico até os estágios mais avançados da enfermidade. A instituição tem como objetivo divulgar a Doença de Alzheimer e contribuir para o constante investimento no tratamento de pacientes e apoio aos familiares-cuidadores. Além de realizar campanhas, palestras, cursos e debates abertos à população, para esclarecer informações sobre a doença, seus sintomas e tratamentos.


Taxas impressionantes


Nos Estados Unidos, o Alzheimer é a sexta maior causa de morte, sendo a 5ª maior para as pessoas com 65 anos de idade ou mais. A partir de 2000 e até 2013, o registro de óbitos aumentou em 71%, enquanto as mortes por outras doenças graves diminuiu. Recentemente, a Associação de Alzheimer divulgou números preocupantes acerca da doença, abrangendo sua prevalência, incidência, mortalidade e o impacto econômico da doença.



  • Estima-se que hoje 5,3 milhões de americanos estejam afetados pelo Mal de Alzheimer. Estão incluídas aí cerca de 5,1 milhões de pessoas com 65 anos ou mais, além de aproximadamente 200 mil indivíduos com menos de 65 anos recém-diagnosticados.

  • A cada 67 segundos, alguém desenvolve a enfermidade e, até a metade do século, a previsão é de que um americano poderá ser afetado pelo mal a cada 33 segundos.

  • Ainda segundo a Associação, dois terços (3,2 milhões) dos cidadãos acima dos 65 anos com a doença de Alzheimer são mulheres.


Aplicativos para pacientes com Alzheimer


A tecnologia tem desempenhado um papel importante na procura de novas formas para minimizar os efeitos do Alzheimer para os portadores da doença e também de seus familiares. Confira aqui, alguns aplicativo desenvolvidos.


Esperança


O Efavirenz, princípio ativo de um medicamento aprovado contra o HIV, é a nova esperança nos estudos e pesquisas sobre a doença de Alzheimer. Saiba mais sobre esse estudo aqui.




Compartilhe