Blog

Prato inteligente para seu paciente não passar da conta na dieta

Para seu paciente não passar da conta na dieta. O prato inteligente dá o alerta


Quantas vezes você ouviu de seus pacientes a confissão de que não conseguiram seguir a dieta recomendada? Todos aqueles conselhos ficaram para trás com as festas de Natal e de Ano Novo. Mas, você continuará insistindo com a prescrição de receitas para uma boa alimentação e uma vida mais saudável, correto? E, como é um médico antenado para as inovações tecnológicas, em breve poderá recomendar mais um aplicativo para auxiliar no tratamento daqueles pacientes que não conseguem controlar a boca.


Ao desenvolver o SmartPlace, a startup Kickstarter, da Filadélfia (Estados Unidos), apostou na ideia de que os pratos high-tech podem ter um impacto significativo na forma como as pessoas se alimentam, tendo como objetivo final uma melhor qualidade de vida. O programa tem como objetivo ajudar o paciente a controlar tanto suas porções de alimentos quanto a ingestão de calorias a cada dia, enviando o sinal de alerta quando a pessoa estiver passando da conta.


Ainda em desenvolvimento, este software deve chegar ao mercado americano em agosto, estando disponível para iOS e Android. Para usá-lo, a pessoa deverá estar conectada ao Wi-Fi ou Bluethooth. O programa foi criado por Anthony Ortiz, fundador e CEO da Fitly. Segundo ele, o algoritmo desenvolvido pela empresa identifica os alimentos com 99% de acerto. A proposta conta com a consultoria de Dah-Jye Lee, professor da Brigham Young University, especialista em inteligência artificial.


Confira em nosso Blog a reportagem sobre outros  aplicativos que ajudam a perder e controlar o peso e se exercitarem.


Como funciona o prato inteligente


Prato inteligente calculará informações nutricionais do alimentos


Dispondo de três câmeras digitais e tecnologia de reconhecimento de imagem, o programa identifica automaticamente os alimentos colocados na superfície do prato, dividido em três partes, enviando a seguir todas as informações referentes à comida, tais como seus valores nutritivos e peso. Também calcula a velocidade com que a comida sai do prato e alerta se a pessoa está comendo muito rápido. Esta observação é justificada pelo conhecimento de que a pressa é um dos fatores que levam as pessoas a ingerir mais que o necessário, uma vez que a sensação de saciedade leva algum tempo para surgir.


Além disso, o SmartPlace estabelece claramente diferenças, por exemplo, entre um pão integral e um pão branco, da mesma forma que reconhece as peculiaridades do arroz branco e do arroz integral. Com isto, o usuário poderá tomar decisões mais inteligentes e saudáveis em seu cotidiano.


Confira no vídeo o funcionamento do aplicativo.





Compartilhe