Blog

Dia do Farmacêutico

Atualizado em 20 de Janeiro de 2017



Comemora-se hoje, no Brasil, o Dia do Farmacêutico, profissional da saúde que estuda a composição e os processos produtivos dos medicamentos, cosméticos e produtos de higiene, dentre outros que são utilizados em seres humanos e animais.


É especializado em seu desenvolvimento, manipulação e controle, atuando principalmente com assistência farmacêutica. Pode trabalhar em farmácias e drogarias como o responsável técnico ou atuar na fiscalização sanitária, combatendo a fabricação de remédios falsificados.


Sua área de atuação é extensa, incluindo hospitais, laboratórios de análises clínicas e inúmeros outros setores. Neste dia, a ProDoctor Software registra aqui seus parabéns a todos estes profissionais que trabalham em prol da saúde.


Confira nossa seleção de aplicativos para farmacêuticos e estudantes de Farmácia.


História da Profissão



A data comemorativa foi escolhida tendo como referência a fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), em 20 de janeiro de 1916. Na época, esta era a maior entidade representativa da categoria no País.


O reconhecimento oficial, feito através da Resolução nº 460, de 23 de março de 2007, teve como objetivo unificar a comemoração do Dia do Farmacêutico e alcançar maior visibilidade e reconhecimento. Já a Comenda do Mérito Farmacêutico, que visa distinguir farmacêuticos e autoridades pelos relevantes serviços prestados à profissão, foi criada pelo Conselho Federal de Farmácia, por meio da Resolução nº 323, de 16 de janeiro de 1998.


A profissão remete aos antigos boticários e apotecários, que eram especialistas na utilização de remédios e na criação de novos fármacos. Eles tratavam de diversas doenças e também trabalhavam na criação de perfumes. Muitas vezes, substituíam os médicos, que eram poucos, sendo em muitos casos a única chance de vida daqueles que não tinham acesso a hospitais.


Nos primeiros tempos da profissão, a matéria-prima principal era a própria natureza e o conhecimento se baseava na observação. Hoje, o trabalho dos farmacêuticos é feito com material sintético, manipulado a partir do conhecimento agregado através dos anos, em conjunto com as tecnologias existentes. Além disso, existe uma interação com os médicos, gerando um tratamento mais eficaz e baseado no diagnóstico, procurando melhorar a qualidade de vida dos pacientes.


Atuação



Seu ramo de atuação é amplo e está inserido na área da saúde pública e privada. Pode envolver desde um grande laboratório que produz medicamentos, até mesmo hospitais no auxílio a médicos com relação a medicamentos utilizados em tratamentos, indústrias, área de cosméticos, agricultura e outros lugares onde existe a produção ou distribuição de medicamentos.


Existem no Brasil mais de 70 ramos de atuação para os profissionais de farmácia, destacando-se: administração de laboratório clínico, administração hospitalar, auditoria farmacêutica, biofarmácia, farmácias em geral (dermatológica, hospitalar, homeopática, clínica, etc), hematologia clínica, microbiologia, toxicologia (clínica, ambiental, veterinária, forense, etc) e vigilância sanitária, dentre outros.


Faculdade



O ensino de Farmácia no Brasil começou em 1832, com a Faculdade de Farmácia no Rio de Janeiro. Em 1897, o panorama se transformou quando o farmacêutico deixou de ser relacionado somente a medicamentos e também com a fundação da Escola Livre de Farmácia e Química, em Porto Alegre (RS).


O que esperar da profissão?



No mundo, o mercado farmacêutico ocupa a 6ª posição, com expectativa de alcançar a 3ª até 2018. É impulsionado pelo tamanho da população, aumento da renda e as compras governamentais.


Além dos grandes empregadores, como as fábricas de medicamentos e cosméticos e laboratórios de análises clínicas, também o setor público representa um enorme potencial para absorver os profissionais, com farmácias populares e os serviços de vigilância sanitária. Outra excelente perspectiva é a área científica de pesquisa, biologia molecular e toxicologia forense.


Símbolo



A taça com a serpente nela enrolada é internacionalmente conhecida como símbolo da profissão farmacêutica e sua origem está na Ida Antiga, como parte das histórias da mitologia grega. Conforme as literaturas antigas, o símbolo da Farmácia ilustra o poder (cobra) da cura (taça)


 




Compartilhe