Blog

Aplicativo pode ajudar pacientes com esquizofrenia

Atualizado em 10 de agosto de 2016


aplicativos-esquizofrenia 


Um novo aplicativo de treinamento do cérebro, desenvolvido para iPad, é a mais nova ferramenta que pode minimizar os efeitos perversos decorrentes da esquizofrenia, doença ainda sem cura.


O aplicativo Wizard


O jogo se chama “Wizard” e, além de melhorar a memória dos pacientes, superando algumas das limitações atuais da terapia medicamentosa, pode influir positivamente na sua qualidade de vida. O app contribui para uma melhor memorização de episódios rotineiros.


Testando o jogo da memória em pacientes com esquizofrenia


Durante quatro semanas, pacientes esquizofrênicos realizaram um teste na instituição e suas reações mostraram que houve melhoras significativas na memória e no aprendizado. Eles tentam achar uma maneira de tratar os sintomas cognitivos da esquizofrenia, como problemas com a memória episódica, porque o progresso em desenvolver um tratamento com medicamentos tem sido lento.


Este estudo de prova de conceito demonstra que o jogo da memória ajuda onde as drogas falharam até então. E o jogo é tão interessante que até os pacientes com falta de motivação são estimulados a continuar o treinamento.


A professora Barbara Sahakian e sua equipe de pesquisa, do Departamento de Psiquiatria na Universidade de Cambridge, descrevem que seu aplicativoWizard – pode intervir para ajudar a melhorar as funções cognitivas de pacientes com esquizofrenia. Os pesquisadores esperam que o app possa preencher a lacuna em tratamentos farmacêuticos para melhorar a memória episódica, que a esquizofrenia é conhecido por afetar.


Resultados do Wizard


O estudo foi publicado no periódico "Philosophical Transactions of the Royal Society B" (revista científica publicada pela Royal Society (Sociedade Real de Londres). Para a pesquisa foram recrutados 22 pacientes com o diagnóstico de esquizofrenia, sendo dividido em dois grupos: um jogou o “Wizard” no período de oito horas durante quatro semanas, enquanto o outro grupo não chegou a fezer o treinamento do cérebro. A partir daí os pesquisadores testaram a memória episódica de todos eles, além de medir o nível de prazer e motivação dos participantes usando o aplicativo.


O resultado da pesquisa mostrou um benefício significativo na memória e também no aprendizado para aqueles que utilizaram o aplicativoWizard”. Pacientes esquizofrênicos que usaram o aplicativo cometeram menos erros nos testes em comparação com o grupo que não utilizou o joguinho.


Esses pacientes também tiveram uma pontuação maior em uma escala de testes e os pesquisadores interpretaram como resultante de terem gostado do  jogo e encontrando motivação para continuar os testes. Os que estavam mais motivados alcançaram maior pontuação.


Os cientistas não sabem ainda determinar as razões pelas quais o aplicativo foi capaz de ajudar os pacientes com esquizofrenia a melhorar sua memória episódica. Todavia, sugerem que este efeito aparente poderia impactar diretamente nas funções globais ou ter um impacto indireto sobre a motivação e auto estima.


Atualmente, o módulo do Wizard faz parte do Peak, um dos mais populares apps de treinamento cerebral. Há versões para Android e iOS.




Compartilhe