Blog

Vírus no Facebook: como se proteger?

virusface_blog


O Facebook trabalha arduamente para manter a sua rede segura e livre de ameças de hacks e vírus. Porém nem tudo de ruim consegue ser filtrado pela rede social. E foi justamente o que aconteceu nestes últimos dias. Muitos usuários se assustaram ao se depararem com postagens de seus amigos compartilhando vídeos eróticos explicitamente em suas timelines.


Porém, antes de brigar e ficar com raiva do amigo, saiba que isto é um vírus que utiliza do perfil do usuário infectado para compartilhar conteúdos inadequados. Estas postagens vêm acompanhadas de um link e marcação de outros amigos aleatórios. Tudo isto para induzi-los a clicar sobre o link que irá propagar ainda mais o vírus para outras máquinas, dispositivos e perfis de usuários. E o pior de tudo: o usuário “dono” do post não fica sabendo da postagem, até que algum amigo o avise.


O Facebook já tem conhecimento desta infecção e diz estar cuidando do caso, bloqueando estes links, oferecendo a opção de limpá-los e também buscando novas soluções para evitar cada vez mais este tipo de ameaças. Porém, é bom estar atento e tomar algumas precauções:


Não clique em links compartilhados


Calma! Não estou dizendo que todos os links compartilhados no Facebook estão contaminados e que você não deve clicar mais em nenhum! Mas lembre-se sempre de, antes de sair clicando em qualquer link que foi compartilhado com você por amigos, analisá-los primeiro. Links com conteúdos suspeitos (com conteúdo sexual, ensinando como ganhar dinheiro e promoções muito vantajosas) quase sempre (ou sempre!) são vírus. Se ficou em dúvida quanto a um link compartilhado, procure saber com o amigo que o compartilhou se é confiável e se você pode realmente abri-lo. Ou simplesmente ignore-o. Afinal, nestes casos, arriscar pode não ser uma boa opção.


Cliquei em um link infectado. E agora?


Você não sabia da existência desse vírus e o tal link apareceu na sua timeline compartilhado por algum amigo da sua lista (ou até te marcaram nele), e você, curioso, clicou no link para ver do que se tratava. E agora?


Se você clicou em algum link desse tipo, você também foi infectaddo e vai passar isso pra frente, ou seja, muito provavelmente uma postagem contendo este link de mau gosto já deve ter sido realizada em seu nome. Acesse então seu perfil e apague esta postagem. E avise seus amigos para não clicarem, caso apareça para eles.


Agora, é hora de verificar se o vírus foi mais fundo e afetou as configurações do seu browser:


Se você usa o Google Chrome, acesse o menu Configurações > Extensões. Veja se há alguma extensão suspeita. Em caso positivo, desinstale clicando sobre o ícone de lixeira localizado em frente à extensão. Realize este processo com todas as extensões que você não conhece e considera suspeitas.


Se você utiliza o Mozilla Firefox para navegar,  acesse o menu superior direito, opção Add-Ons (Complementos) > Extensions (Extensões) e verifique as extensões  instaladas. Caso suspeite de alguma, desinstale-a.


Mude a senha


E por via das dúvidas, mude a sua senha de acesso ao seu perfil do Facebook, pois caso tenha havido roubo de dados confidenciais, impedirá que acessem sua conta indevidamente.


Compartilhe estas informações com seus amigos e conhecidos. Muitos desconhecem estas ameaças do mundo virtual. Vamos todos por um mundo digital mais confiável e consciente.




Compartilhe


A ferramenta que faltava na sua clínica e consultório!

Aumente a produtividade e simplifique suas tarefas diárias com nossos softwares para gestão de consultórios e clinicas médicas. Conheça agora o ProDoctor!

Saiba mais!

Buscar



Categorias