Blog

Quero comprar um computador. E agora, qual escolher?

seupc_blog


Viver sem um computador hoje é praticamente impossível. Escolher um que atenda às suas necessidades também pode não ser uma tarefa muito simples. É importante acompanhar as evoluções do mercado de tecnologia. Possuir um computador eficiente e moderno seja para uso pessoal ou empresarial. Eu não estou dizendo para comprar um novo computador a cada novidade do mercado (se fosse isso, pode ter certeza, você compraria muitas máquinas a cada dia!), mas deve-se atualizar os seus equipamentos sempre que possível. Isso irá te garantir eficiência, produtividade e além de tudo, segurança.


 O primeiro passo é analisar qual será o uso da máquina a ser adquirida: será para rodar softwares de edição gráfica? será um servidor centralizador de todos os serviços da empresa? somente para acesso a internet? armazenar documentos? jogar jogos? programar? Qualquer resposta (e pode crer, ainda existem muitos outros usos) deverá ser analisada previamente para se esboçar o perfil da máquina a ser adquirida.


 Uma máquina que será usada para rodar softwares de edição gráfica, por exemplo, necessitará de grande poder de processamento, portanto, deverá ter um processador poderoso, além de uma memória RAM boa também, ao passo que uma máquina que será utilizada para armazenar documentos deverá ter um disco rígido (HD) com um espaço generoso e uma máquina a ser utilizada para joguinhos deverá ter uma placa de vídeo bem potente. Um servidor por exemplo, precisará de um HD com bastante espaço, uma memória RAM boa e um processador veloz.


Outro ponto a ser discutido, pode ser a preferência: Computador Pessoal (PC) ou Mac (Apple)? Nesta linha de raciocínio já figuram outros quesitos que podem ser resumidos na tabela abaixo:


 table_pc_mac


 Outros parâmetros importantes a serem considerados no momento da compra de um computador são:



  •  Processador


 É uma pequena pecinha (um chip) acoplada à placa-mãe (a placa principal do computador) e que realiza todos os cálculos e processamento (como o próprio nome diz) rapidamente na máquina. É o cérebro do computador. O que importa no processador é o seu poder (rapidez) de processamento dos dados,(o seu clock, em gigahertz - GHz) e a quantidade de núcleos presentes. Os principais (e mais conhecidos) fabricantes de processadores são a Intel e a AMD (concorrentes diretas), sendo a Intel a que abocanha a maior parte do mercado.



  • Memória RAM


 É graças à memória RAM do computador que conseguimos acessar os arquivos gravados no computador, rodar programas, etc.Se trata de uma pequena plaquinha de contatos que é encaixada na placa-mãe e que facilita (e otimiza) a leitura de dados do HD. Se um computador tivesse que executar tudo diretamente do HD, ele seria uma lerdeza! Podemos dizer que a memória RAM portanto, media esta leitura de dados.


O que importa na configuração de uma memória RAM é a sua capacidade de armazenamento (hoje em dia estamos na casa dos gigabytes - GB) e a largura e velocidade de seu barramento (que nada mais é que a quantidade de fios que ligam a memória ao restante dos componentes da máquina - mas não vamos entrar nesses mínimos detalhes!) que influenciarão na quantidade e velocidade da troca de informações. Portanto, a taxa de transferência de dados da memória RAM é um importante fator a ser considerado no momento da compra (e deve ser compatível com o sistema utilizado).



  • Sistema Operacional


 A grosso modo, podemos dizer que o Sistema Operacional (SO) é um software que media o contato entre usuário, programas e hardware, ou seja,  ele que gerencia as instruções a serem enviadas ao hardware para que as devidas ações sejam realizadas e os resultados sejam entregues de volta ao usuário. Atualmente, os SO mais utilizados são os da família Windows (XP, Vista, 7 e 8), Linux (SO de código aberto) e Mac OS (sistema operacional exclusivo dos Macs da Apple).



  • Disco Rígido (HD)


 Todas as informações guardadas em um computador (desde as fotos, músicas, arquivos até programas e o próprio sistema operacional) encontram-se armazenadas no disco rígido.


Atualmente, muitos computadores estão vindo com o chamado Disco SSD e Discos Híbridos. E o que é isso? SSD é um novo tipo de disco que confere maior desempenho ao acesso aos dados armazenados e maior durabilidade (pois não possuem partes mecânicas que nem o HD comum). Os Discos Híbridos são o meio termo entre os SSDs e os HDs comuns, ou seja, possuem uma parcela de armazenamento SSD e a restante em HD e tem se tornado comum, dado o custo-benefício oferecido pelo mesmo.


Portanto, na hora de comprar, lembre-se de levar em consideração a capacidade de armazenamento do HD e a sua velocidade de recuperação  dos dados (SSDs são bem mais rápidos, porém bem mais caros!).



  • Saídas USB


As saídas USB são portas da placa mãe para conectar outros dispositivos (como cabos de celulares, máquinas, fones de ouvido) e periféricos (impressoras, mouse, teclado, pendrives, etc).


Ao adquirir uma máquina, atente-se a quantidade de portas USB que a mesma oferece, pois hoje em dia é muito comum ligarmos muitos dispositivos via USB ao mesmo tempo em nosso computador.


E além da quantidade de portas, dê preferência à máquinas que já trazem entradas USB 3.0. Estas entradas permitem uma transferência de dados bem mais rápida que as portas USB comuns!



  • Periféricos (mouse, teclado, monitor, impressora)


 Os periféricos são dispositivos complementares do computador, ligados geralmente via cabo USB, como mouse, teclado, impressora e outros.


Hoje é muito comum encontrar os computadores denominados All-In-One, que são um monobloco e que unem monitor e CPU (aquela famosa torre) com touchscreen (a interação do computador se dá via toque do dedo na tela, tal qual um celular).


Além dos computadores de mesa (desktops) ainda há a opção dos notebooks e ultrabooks, que permitem que você os carregue para qualquer local, o que é uma ótima saída para quem se desloca muito e precisa de portabilidade.


Portanto, você deve ter reparado que comprar um computador não é uma receitinha de bolo. Fatores como para quê, como e onde vai ser utilizado importam. Computadores que funcionarão como Servidor em uma empresa por exemplo, devem ter cuidado redobrado no momento da escolha.


Se achar a tarefa difícil demais, procure um profissional qualificado na área para te ajudar a analisar o seu caso e escolher a máquina certa para você!


 




Compartilhe


A ferramenta que faltava na sua clínica e consultório!

Aumente a produtividade e simplifique suas tarefas diárias com nossos softwares para gestão de consultórios e clinicas médicas. Conheça agora o ProDoctor!

Saiba mais!

Buscar



Categorias